Conan Doyle, 150 anos

Nascido a 22 de Maio de 1859, Conan Doyle teve a inspiração necessária para criar uma das personagens mais célebres da literatura, e mesmo da cultura popular: o detective Sherlock Holmes.



 Conan Doyle

O êxito de Holmes é de tal ordem que hoje, quando pensamos num detective, quase de imediato pensamos num cachimbo. Isto fora outros adereços da personagem que a moda acabou por condenar - como o chapéu de xadrez com abas, a lupa, o violino e - já agora - a morfina e a cocaína.

A primeira história de Sherlock Holmes, contada pelo seu amigo e assistente Watson, foi publicada numa revista em 1887. Rapidamente, Holmes tornou-se um êxito, de tal forma que, depois de o ter morto alguns anos mais tarde, num duelo com o seu inimigo Moriarty, Conan Doyle foi obrigado pelo público a ressuscitá-lo. Um pouco como Bobby Ewing, da série Dallas.

As adaptações ao teatro e à TV foram inúmeras. Uma das mais bem sucedidas, que passou em Portugal nos anos 80 e 90, foi a série da Granada Television, com Jeremy Brett a fazer um Holmes genial, cadavérico, de olhar lunático e tiques excêntricos, e uma música de genérico também inesquecível.

Conan Doyle era médico (com poucos clientes, o que lhe dava tempo para escrever) e, após a morte de vários familiares chegados e de uma depressão, tornou-se um grande interessado e defensor do espiritualismo. Para além dos 4 romances e 56 contos de Sherlock Holmes, escreveu obras históricas e o romance de ficção científica The Lost World, que inspirou Jurassic Park.

Mais sobre o autor e a personagem nesta página, onde está também esta leitura do início do romance O Signo dos Quatro acompanhada de imagens das primeiras ilustrações das obras:

Ana Gomes

é colaboracionista e parasita ocasional do obvious. Acredita que há uma única forma correcta de comer bolos de arroz.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
v3/s
 
Site Meter