David Belle: a arte do deslocamento

Atravessa a cidade velozmente. Edifícios, muros, escadas e toda a espécie de obstáculos são ultrapassados com uma facilidade apenas aparente. David Belle mais parece o Homem-aranha tal é a sua agilidade, capacidade física e rapidez. Conheça um dos mais exímios praticantes de parkour de sempre.


 David Belle Parkour

Aqueles que conhecem bem o parkour, ou PK, sabem que não é uma actividade nova nem sequer exclusivamente urbana. As suas primeiras manifestações remontam ao início do século XX embora só muito recentemente a sua prática se tenha difundido e tornado conhecida. Para isso muito tem contribuído a prática de David Belle que, através das suas performances extraordinárias e da sua divulgação mediática, elevou incontestavelmente o parkour ao estatuto de arte.

O parkour é uma actividade que tem como principal objectivo o deslocamento rápido e a ultrapassagem de obstáculos de uma forma suave e eficaz sem nenhum outro recurso que não o próprio corpo. Tendo uma forte componente física, possui também uma dimensão espiritual, em que os obstáculos representam simbolicamente as dificuldades que são necessárias vencer na vida com a mesma eficácia, sabedoria e abnegação. Nesse aspecto possui grande semelhança com as artes marciais.

Força, agilidade, flexibilidade, rapidez e tenacidade são portanto algumas das qualidades necessárias a esta actividade e David Belle exibiu-as desde novo. Após uma série de experiências entre as quais se contou uma aprendizagem de Kung Fu, decidiu registar as suas performances de destreza e agilidade em vídeo. O sucesso foi rápido. Desde então participou em vários filmes quer promocionais quer para o cinema. Com David Belle o parkour tornou-se conhecido mundialmente.

 David Belle Parkour


bjr

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 2/s/newsletter,recortes// //bjr
Site Meter Site Meter