LAPP - fotografia nocturna

A Light Art performance Photography (LAPP) é uma fotografia realizada com um tempo de exposição muito longo, durante o qual uma ou mais fontes luminosas se movem. É mais elaborado do que o Lightgraf mas igualmente espectacular.


 LAPP – Light Art performance Photography

Já aqui se falou de Lightgraff, uma disciplina que consiste em desenhar graffitis com luz perante uma câmara fotográfica com a objectiva permanentemente aberta. Os calígrafos vestem-se de negro e os fotógrafos registam apenas os movimentos das luzes, que resultam em um ou mais caracteres. Mas a Light Art performance Photography, conhecida pela sigla LAPP, vai mais longe. Basicamente é a fotografia que conta, com todos os aspectos inerentes, composição, qualidade técnica, etc., e embora se trate de fotos nocturnas de exposição longa estas podem ou não incluir luzes em movimento.

Os criadores do projecto LAPP, Jan Wöllert e Jörg Miedza, explicam que o conceito é uma evolução do Lightgraff, ou desenho com luz, e que contém outros elementos como formas luminosas e cores que, em conjunto com o ambiente em que se situam, projectam no sensor da câmara uma imagem particular. Todos as dimensões técnicas entram em jogo para se conseguir obter uma fotografia tecnicamente correcta e esteticamente apelativa. Neste momento é já uma forma de expressão artística autónoma.

Para quem quiser conhecer melhor o trabalho do LAPP, aqui fica o link.

 LAPP – Light Art performance Photography

 LAPP – Light Art performance Photography

 LAPP – Light Art performance Photography

 LAPP – Light Art performance Photography

 LAPP – Light Art performance Photography

 LAPP – Light Art performance Photography


benjamin mendes

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //benjamin mendes