Ano morno no cinema? Próximos lançamentos de filmes que valem a pena

2009 foi um ano de muitas expectativas sobre o cinema, mas poucas conseguiram se realizar. A poucos meses do fim do ano, novas produções chegam às telas mostrando o que de mais ou menos e o que de bom ainda temos para ver antes de decretar conclusões tão pessimistas.


 Próximos lançamentos de filmes

O cinema encontrou em 2009 um ano cheio de complicações e busca de saídas para elas. A crise econômica de Novembro passado cumprimentou Hollywood e foi bem sucedida no flerte; embora tenha dado leves sinais de que começa a deixar os grandes estúdios, a recessão ainda está por lá bem instalada e obrigando produtores, cineastas e investidores a encontrarem outros meios de fazer filmes que se encaixem em orçamentos vários cifrões abaixo dos padrões estabelecidos nos últimos anos.

A coisa acenou para um final feliz: enredos que abandonavam os temas grandiosos e as explosões gratuitas e focavam em personagens profundos e situações mais complexas foram anunciados e aguardados com ansiedade no festival de Cannes. Mas então veio a estranha surpresa: Almodóvar não provocou nenhuma catarse com "Abrazos Rotos", Tarantino voltou com "Inglorious Bastards" para ajustes em casa e Lars Von Trier foi contra-ovacionado saindo da província com o prêmio de pior realização do festival. O terror “O Anticristo”, fruto de um período depressivo, foi unanimidade no quesito filme ruim. Não pareceu abalado. Declarou: sou o maior cineasta do mundo.

O festival traduziu um pouco do que foi o cinema mundial no primeiro semestre, as grandes expectativas não se concretizaram. Mas o ano ainda não terminou, nem a esperança cinéfila. Aqui no Brasil, irão aportar nos próximos meses não só as promessas do Cannes 2009 – valem a pena, como não? – mas também blockbusters e títulos leves que não deixam o ano terminar de todo morno.

 Próximos lançamentos de filmes

Coco antes de Coco: a filmografia da jovem Gabrielle Chanel e os passos que precederam o nascimento do mito são o mote do filme de Anne Fontaine. Estrelando a irresistível Audrey Totou (que, por uma hipnose compreensiva, será sempre a Amelie Poulain), o enredo conta sobre as origens obscuras de Coco; uma infância pobre, o envolvimento com os homens que lhe permitiram conhecer as pessoas e meios certos para começar seu império fashion. É um filme que se mantém nas linhas, sem grandes emoções, mas conhecer um pouco mais sobre Coco Chanel faz valer a audiência. (Release: 30 de Outubro)

 Próximos lançamentos de filmes

Tudo pode dar certo: Woody Allen aparece para descansar dos tremores (de amor? de desgosto?) que provocou com Vicky Christina Barcelona. "Whatever Works" é uma comédia ao estilo dos roteiros que o cineasta escrevia nos anos 70. Diálogos rápidos, ácidas e amorais sobre religião, relacionamento e coisas randômicas se juntam para contar a história de Boris Yellnikoff (Larry David), um nova-iorquino rico que tem a vida transtornada após encontrar Melodie St. Ann Celestine, uma garota do Mississipi, perdida no seu apartamento. (Release: 6 de Novembro)

 Próximos lançamentos de filmes

Bastardos Inglórios: a comediante Sarah Silverman, seguindo seu papel de judia e de frasista aterrorizante, escreveu sobre o filme: Inglorious Bastards me fez rir para sempre. Quentin Tarantino é um justiceiro e cada judeu deveria lhe escrever uma nota de agradecimento. Muito, mas muito sangue, violência e finesse dos 40’s esperam o público na trama sobre um grupo de soldados cuja missão é espalhar terror pelo Terceiro Reich. Parece que os ajustes feitos pelo diretor em Maio funcionaram. Só na semana passada, a popularidade do filme subiu 333%, de acordo com o IDMB. (Release: 23 de Outubro)

 Próximos lançamentos de filmes

Thirst: Se Lars Von Trier saiu sob vaias do festival com seu filme de terror fantástico, o contrário se deu com o coreano Park Chan-Wook. O aclamado diretor de Oldboy e Lady Vengeance chega às telas brasileiras com a história de um padre que, ajudando na descoberta da cura para uma estranha doença, termina recebendo uma transfusão de sangue que o torna em... um vampiro. A partir daí, muito conflito moral e sangue guiam a audiência por um estranho romance que, seguindo a premissa dos seus outros filmes, termina de um modo devastador (Release: 18 de Setembro)

 Próximos lançamentos de filmes

Abraços partidos: mais uma vez ele explora o drama da condição humana. Ao mesmo tempo trágico e medíocre, as separações, encontros e sonhos que formam o épico íntimo de cada um tem sido o material que mais atrai os olhares de Pedro Almodóvar nos últimos tempos. Abrazos... tem novamente como musa Penélope Cruz que é Lena, uma mulher aspirante a atriz dividida entre dois amores: seu marido, um magnata, e um diretor de cinema que fica cego depois de um acidente. (Release: 24 de Setembro, durante o Festival de Cinema do Rio de Janeiro)

Fonte das datas de lançamento: IMDB.com


Priscilla santos

é adoradora de cervejas e colabora com a obvious.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Priscilla santos