Hotel Ryugyong - a maior ruína do mundo

É na capital da Coreia do Norte que se situa aquela que é talvez a maior ruína das tempos modernos: um hotel inacabado com 105 andares. Na sua origem está um projecto megalómano feito para um país onde se vive em permanente miséria e crise económica. Venha conhecer mais de perto as ruínas do Hotel Ryugyong.



 Hotel Ryugyong - a maior ruína do mundo

Na capital da Coreia do Norte, Pyongyang, situa-se um dos mais grotescos edifícios do mundo, o hotel Ryugyong. A sua forma piramidal estrelada, já de si bastante invulgar, aliada à sua enorme dimensão (105 andares e 330 metros de altura) tornam-no digno de uma qualquer mega-metrópole retrofuturista. Mas o aspecto mais bizarro é o facto de ser uma ruína, uma colossal ruína desde 1992, data em que a sua construção parou. Desde então, no meio da paisagem urbana de Pyongyang, ergue-se da neblina matinal como um fantasma de ar assustador. Até o guindaste que ficou abandonado no vértice do edifício parece evocar uma ave de mau agoiro...

A construção começou em 1987. Julga-se que este projecto megalómano terá sido parte de (mais uma) manobra de propaganda do regime da Coreia do Norte pois, se ficasse concluído no prazo, teria sido o hotel mais alto do mundo. Entre outras características formidáveis teria 360 000 m2 de área habitável, 3000 quartos e 7 restaurantes situados nos andares rotativos do topo.

 Hotel Ryugyong - a maior ruína do mundo

 Hotel Ryugyong - a maior ruína do mundo

Mas, como em tantas outras situações, a ambição foi maior do que a capacidade financeira. Na altura estimou-se que seriam necessários cerca de 750 milhões de dólares para completar a construção do projecto, qualquer coisa como 2% do PIB do país. O governo norte-coreano comprometeu-se inicialmente a pagar uma parte importante das despesas. Entretanto houve problemas com as matérias primas, com o fornecimento de energia eléctrica e com o financiamento. As próprias técnicas construtivas utilizadas levantaram várias dúvidas, nomeadamente sobre a resistência da estrutura. As obras foram interrompidas em 1992 e assim permaneceram durante 16 anos.

 Hotel Ryugyong - a maior ruína do mundo

 Hotel Ryugyong - a maior ruína do mundo

 Hotel Ryugyong - a maior ruína do mundo

Em 2008, porém, a construção foi retomada. Uma empresa egípcia começou a recuperar os andares de topo e a cobrir de vidro as fachadas. No entanto, as dúvidas sobre a resistência da estrutura subsistem, ainda mais porque 16 anos de exposição ao clima deixaram a sua marca em numerosas fendas e corrosão. A ideia do governo é ter o edifício concluído em 2012, data em que se comemora o centenário do nascimento de Kim Il Sung, o fundador do país. Talvez então o Hotel Ryugyong possa parecer qualquer coisa como isto, embora não se saiba bem para quê...

 Hotel Ryugyong - a maior ruína do mundo

benjamin júnior

determined dreamer • food evangelist • life enthusiast • professional problem solver • internet ninja • coffee junkie.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x4
 
Site Meter