Ponte metálica em Roche-sur-Yon

A nova ponte pedonal sobre a linha do TGV em Roche-sur-Yon é uma construção inovadora com a forma de um tubo onde os elementos estruturais em aço formam uma fina rede cilíndrica que lhe dá rigidez. O projecto é da autoria do arquitecto francês Bernard Tschumi em associação com a HDA-Paris e faz jus à tradição da grande arquitectura industrial do século XIX.


 Ponte metálica em Roche-sur-Yon

Roche-sur-Yon é uma cidade histórica situada na região oriental de França, perto de Nantes. Recentemente, a ampliação da rede ferroviária do TGV colocou-a na rota deste trem de alta velocidade e fez com que fosse atravessada pela sua linha. A cidade, dividida em duas partes, iniciou então a construção de diversas infraestruturas para se adaptar à nova realidade, incluindo um novo interface de transportes, um pólo empresarial e diversas vias de atravessamento da linha. Uma dessas obras é a nova ponte pedonal e velocípede prestes a ser inaugurada.

O projecto, da autoria do arquitecto francês Bernard Tschumi em parceria com a HDA-Paris, vem substituir a velha ponte existente construída em 1890 e tem todos os ingredientes para se tornar uma referência pela sua concepção estrutural e pela originalidade da sua forma. Baseou-se nos estudos teóricos sobre membranas e estruturas em treliça desenvolvidas por Robert le Ricolais, um engenheiro, arquitecto, pintor e poeta que nasceu e viveu em Roche-sur-Yon em meados do século XX.

 Ponte metálica em Roche-sur-Yon

 Ponte metálica em Roche-sur-Yon

A estrutura escolhida para esta ponte é no fundo uma rede de perfis de aço em forma cilíndrica que se contrai ou distende em vários pontos de acordo com as forças a que está sujeita. Para se ter uma ideia aproximada de como funciona este tipo de estrutura imagine-se uma ligadura de rede que se adapta a um braço ou a uma perna e que mantém ossos e músculos no seu lugar sem perder a flexibilidade. Mas, além da rigidez e flexibilidade, este tipo de estrutura apresenta outras vantagens, como a leveza e economia de material, pois os perfis de aço utilizados são muito mais finos do que numa construção tradicional realizada no mesmo material.

Este é um bom exemplo de como a forma arquitectural pode resultar da expressão das forças estruturais, sendo funcional e bela. Em pleno século XXI o projecto desta estrutura estabelece literalmente uma ponte com a tradição da arquitectura e engenharia industrial do século XIX, recuperando o génio, a capacidade de inovação e a beleza que fizeram as grandes obras de Gustave Eiffel e de outros grandes construtores.

 Ponte metálica em Roche-sur-Yon

 Ponte metálica em Roche-sur-Yon

 Ponte metálica em Roche-sur-Yon

 Ponte metálica em Roche-sur-Yon

 Ponte metálica em Roche-sur-Yon


benjamin mendes

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/arquitetura// @obvious, @obvioushp //benjamin mendes