Câmeras fotográficas antigas #2: 1880-1900

Nas últimas décadas do século XIX as câmeras fotográficas evoluíram bastante e tornaram-se mais pequenas, mais leves e mais acessíveis. Um dos factores por trás desta evolução foi o aperfeiçoamento das chapas e das emulsões sensíveis; o outro chamou-se George Eastman. Este é o segundo artigo dedicado às câmeras fotográficas antigas.


 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera portátil Walker - 1881

Primeira parte do artigo - Câmeras fotográficas antigas #1: 1840-1880

Nas últimas duas décadas do século XIX as câmeras fotográficas evoluíram bastante. Um dos principais factores nesse processo foi o aperfeiçoamento das chapas e das emulsões fotossensíveis. As emulsões em gelatina, o pancromatismo (sensibilidade igual a todas as cores) e sobretudo os novos suportes em celulóide caracterizavam os novos filmes, tornando obsoletos os daguerreótipos e os calótipos até então usados. Além disso o Congresso de Paris de 1889 normalizou os formatos das chapas, as aberturas das objectivas e as velocidades de obturação. A Indústria chegava à Fotografia.

A diminuição do tamanho e da velocidade dos filmes fez com que aparecessem pequenas câmaras muito engenhosas que, atendendo à tecnologia da época, eram verdadeiros prodígios da miniaturização. Câmaras dissimuladas de revólveres, de relógios, de sacos de mão ou de discos, que se podiam guardar no bolso, já não constituíam novidade na época e faziam as delícias de todo o amador extravagante de fotografia.

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Photosphere 9X12 - 1885

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera relógio Lancaster - 1886

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera de bolso Stirn - 1886

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera Omnigraphe large - 1887

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera Express Détective de Nadar (versão Tropical) - 1888

Houve então quem se apercebesse das potencialidades comerciais da fotografia e a transformasse num negócio. Por esta altura, em França, o atelier de Blanquart-Évrard, uma grande empresa, executou muitos trabalhos sob encomenda. Porém, foi nos Estados Unidos que surgiu o homem que haveria de revolucionar e industrializar a fotografia: George Eastman. O seu objectivo era tornar a fotografia barata e acessível a todos e, para isso, concebeu uma pequena câmera que usava filme em papel com gelatina de brometo de prata. Foi comercializada a partir de 1888 com o nome de Kodak one.

A começar pelo nome comercial que escolheu, Eastman teve intuição ao produzir este pequeno aparelho que fazia fotos redondas. Os filmes que eram adquiridos incluíam no preço a revelação e a substituição por um filme novo, uma ideia que vigorou até ao aparecimento da fotografia digital. Mas Eastman não se acomodou ao sucesso e, pouco tempo depois, lançou a Brownie, uma câmera fotográfica para crianças.

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera Kodak One - 1888

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera Demon detective - 1889

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera Escopette 2 - 1890

Vários progressos ocorreram neste período. A fotografia estereoscópica, por exemplo, teve muita aceitação entre o público e levou a que os fabricantes comercializassem modelos com duas objectivas. Por vezes o aspecto destes aparelhos prestava-se a associações de imagens maliciosas.

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera Photosphere 2 - 1892

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera Verascope - 1894

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmara Kauffer Photo (saco de mão) - 1895

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera escamoteável Kodak - 1897

Também a óptica sofreu desenvolvimentos importantes. Um dos mais significativos foi o surgimento do visor, conhecido como viewfinder. Na verdade em quase todas as câmeras desta época a mirada era feita através de uma moldura metálica geralmente amovível situada na parte superior do aparelho. Não era muito rigoroso, como é evidente, mas com uma pequena lente incorporada o enquadramento passou a ser muito mais preciso. Apenas já no século XX este dispositivo se tornou comum.

Outra inovação importante foi a objectiva escamoteável, sistema que permitia alojar uma óptica de boa qualidade dentro de um corpo de tamanho reduzido. Este sistema, em que a objectiva estava ligada a um fole de cartão ou tecido que se distendia quando se abria a tampa, foi norma em muitos aparelhos durante bastante tempo. Eastman estava entre os pioneiros com a sua Kodak, claro.

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera Sigriste - 1899

 Câmeras fotográficas antigas 1880-1900 Câmera RB Cycle Graphic (4 x 5) - 1900

O mundo das câmeras fotográficas antigas é um mundo fascinante não só pela beleza dos aparelhos como até pelas peculiares características formais das fotos que faziam. Eastman foi um protagonista privilegiado destes tempos heróicos e, como se não bastasse, deixou-nos em herança o testemunho dessas memórias que é o fabuloso acervo da George Eastman House. Não deixe de visitar.


benjamin mendes

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.
version 12/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //benjamin mendes