o imaginário humano de mr toledano

A fotografia de MR Toledano viaja entre o íntimo e pessoal e a memória colectiva da sociedade norte-americana. "Days with my father", "Hope & Fear" e "Bankrupt" são algumas das séries fotográficas da sua autoria que melhor ilustram esse percurso.



fotografo phil toledano

Philip Toledano retrata o imaginário. De acordo com o próprio, a fotografia serve esse mesmo propósito de dar espaço às questões, levantar dúvidas, deixando quem as vê num constante estado de suspense. Tal e qual como uma frase inacabada. Os seus trabalhos - que algumas vezes aparecem também sob a forma de instalações - documentam essencialmente a sociedade norte-americana: que valores a mobilizam, quem a constrói, o que a destrói.

A série "Hope & Fear" (2004) parte precisamente desse pressuposto. Sobrepostas a um fundo cinzento que vai variando em tom e em luminosidade, surgem várias figuras humanas que vestem os ódios, os amores e os medos que se instalaram na sociedade norte-americana contemporânea. Através de elaborados acessórios e figurinos, cada retrato é um mundo de desejos e paranóias em si mesmo. Religião e preconceito, consumo e armas são alguns dos temas evidentes.

fotografo phil toledano

Entre 2001 e 2003, Philip Toledano construiu um diário fotográfico que não só continua perturbadoramente actual, como também poderia ter sido construído num qualquer país europeu desenvolvido em tempo de crise económica. "Bankrupt" é um exercício de "arqueologia económica", diz o fotógrafo, já que é uma compilação de fotografias tiradas ao interior de diversos escritórios recém abandonados, onde apenas ficaram os vestígios da actividade extinta e das vidas dos trabalhadores que por lá passaram. Trata-se de um conjunto impressionante de retratos do vazio, de uma realidade interrompida.

Dezenas de cadeiras de secretária amontoadas numa pequena divisão, copos de plástico abandonados, cubículos despidos, papéis deixados no chão, plantas já sem vida, quadros de reuniões com indicações e metas que já não têm ninguém que as vá cumprir. Para o fotógrafo, este é o "custo humano" da vertiginosa recessão económica enfrentada pelos Estados Unidos da América na altura e que ainda hoje se faz sentir, com ecos um pouco por todo o mundo.

fotografo phil toledano

fotografo phil toledano

Apesar dos trabalhos de Philip Toledano serem, na grande maioria, apontamentos críticos à sociedade e à economia contemporâneas, há também outros de uma sensibilidade extrema que expõem um lado mais intimista do fotógrafo. "Days with my father" é um comovente conjunto de fotografias, também acompanhadas por pequenos textos descritivos, que documenta os três anos que Toledano partilhou com o seu pai após a morte da mãe. A série impressiona pela honestidade emocional que transmite e gerou um comovente feedback do público.

São retratos do quotidiano que honram a memória do pai de Philip Toledano, outrora um galã de Hollywood e um homem que, tendo vivido até aos 99 anos, manteve a paixão desmesurada pelas artes, mas perdeu a energia e a sua memória de curto prazo, fazendo com que regularmente ignorasse a morte da mulher.

"Days with my father" foi editado em livro este ano, sob a chancela da editora Chronicle Books. Ao obvious, o artista adianta que o livro terá também uma edição em português, a ser publicada por uma editora brasileira, ainda que não tenha especificado qual.

fotografo phil toledano

fotografo phil toledano

Outros trabalhos de Philip Toledano ilustraram já as páginas de conceituadas publicações, entre elas The New Yorker, Vanity Fair, The New York Times, The London Times e Le Monde.

Philip Toledano

débora cambé

; Nunca foi nerd, mas gostava de o ser. Mesmo assim, acredita ser capaz de dar um ou outro bitaite sobre uma série de assuntos relativamente interessantes.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x3
 
Site Meter