Pintando as ruas de Berlim

Baldes de tintas foram derramados no cruzamento de uma das avenidas mais movimentadas da cidade de Berlim. O resultado foi uma grande intervenção onde, querendo ou não; Os veículos tornaram-se pinceis, expondo o padrão do tráfico, à medida que passavam.


No passado dia quatro de abril deste ano, ocorreu uma explosão em uma das ruas mais famosas do centro de Berlim, a Avenida Rosenthaler Platz. Porém, não há motivos para maiores preocupações. A explosão em questão é na verdade de cores, resultado da chamada, arte de guerrilha. Galões de tintas foram derramados nas ruas, tornando os carros pincéis e o centro de Berlim em uma grande tela.

Logo pela manhã, ciclistas surgiram no cruzamento da Avenida Rosenthaler Platz, grande centro artístico da cidade e uma das mais movimentadas em Berlim. Antes que os faróis abrissem, tintas foram derramadas em frente aos carros, fazendo com que os motoristas, querendo ou não, fizessem parte dessa grande intervenção.

berlim cores marketing publicidade

Treze galões de tintas de diferentes cores foram utilizados para obter essa obra. As cores foram compostas de Roxo, Azul, Vermelho e Amarelo. Cada cor foi posta em esquinas com sentidos diferentes, revelando assim, um colorido padrão do tráfego.

Durante a intervenção, panfletos foram colados e distribuídos, avisando que a tinta era lavável, a base de água e biodegradável. Dessa forma, deixa claro que a idéia não é simplesmente sujar as ruas, mas sim, intervir de uma maneira consciente dentro cotidiano das pessoas que ali passavam.

A obra reuniu pedestres, ciclistas e motoristas para fazerem parte de sua criação. O Autor da obra continua anônimo. Há suspeitas também que tudo isso, possa ser algum tipo de marketing.

Porém, independente do motivo de sua criação, a idéia de transformar um grande cruzamento, em uma explosão de cores é algo que salta aos olhos. Transforma aquele monótono cinza da cidade grande, em algo mais leve e interativo.


Dan devjacque

pensador autônomo que desde tenra idade teve a caneta na mão, e no colo um violão. Não acredita na sorte e crê que somente a arte pode enaltecer o espírito humano.
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Dan devjacque