porcelana chinesa na moda

Para a edição especial deste ano, a Lacoste convidou o artista chinês Li Xiaofeng para "costurar" peças feitas de porcelana. Ele cozeu a cerâmica, deu forma às peças, pintou-as e, depois, desfê-las em peçados para coser um polo da marca francesa.


Li Xiaofeng porcelana lacoste

A porcelana é o último grito da moda. Ou, pelos menos, assim quer fazer crer a Lacoste. A marca de roupa francesa convidou o artista chinês Li Xiaofeng para criar duas peças especiais para a colecção Holiday Collector 2010 e este foi o resultado.

Pintados por ele mesmo em tons azuis - cor tradicional das peças chinesas - e vermelhos - que representam vida e alegria -, Xiaofeng até desenhou o famoso logo do crocodilo verde numa das peças de vestuário. Depois, os 317 pedaços foram costurados com fios de prata, sendo a peça principal um modelo que se assemelha muito ao polo tradicional da Lacoste. Inspirado na dinastia Ming, os desenhos têm uma forte carga simbólica com letras, selos e marcas tradicionais chinesas. A fénix é uma marca de boa sorte e oportunidade e as letras são uma benção de boa fortuna, que ficou, entretanto, entrecortada na montagem do polo.

Além das peças feitas em porcelana, o artista chinês criou ainda estampas azuis e brancas para imprimir em 20 mil camisas, de homem e mulher, que serão postas à venda e cujo preço ainda não foi divulgado. Aqui, as flores de lotus representam pureza e renascimento e os bebés aludem à fertilidade, dando também boa sorte àqueles que as usem.

Li Xiaofeng porcelana lacoste

Li Xiaofeng porcelana lacoste

Li Xiaofeng porcelana lacosteLi Xiaofeng porcelana lacoste

Li Xiaofeng porcelana lacoste

O trabalho deste artista de 45 anos, que se dedidca à porcelana apenas há cerca de cinco anos, vai ser exposto no Musée des Arts Métiers de Paris e a Red Gate Gallery. Ao todo, demorou-lhe três meses a completar as peças: desde a formação da cerâmica até ao polimento final.

Esta não é a primeira vez que a Lacoste convida personalidades fora da área da moda para trazerem algo de novo à marca. Fernando e Humberto Campana (2009), Michael Stipe (2008), Michael Young (2007) e Tom Dixon (2006) são outros nomes que já fizeram parte desta iniciativa.


Diana Caldeira Guerra

A Diana gosta de caracóis temperados no verão, canja de galinha no inverno e autores clássicos em todas as estações do ano
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/lifestyle// @obvious, @obvioushp //Diana Caldeira Guerra
Site Meter