uma breve historia da lomografia

Considerada um modo de vida, a Lomografia e as suas máquinas Lomo com lentes de plástico constituem uma comunidade internacional de seguidores, tendo originado a Sociedade Lomográfica Internacional.
Os seguidores da Lomografia, os lomógrafos, convivem com um conjunto de 10 regras básicas, uma das quais dita que «não te preocupes com quaisquer regras».



arte cameras fotografia fotograficas lomo lomografia ©panelomo

Em 1991, dois jovens vienenses de férias em Praga, na República Checa, descobrem a máquina Lomo passando as férias a fotografar sem parar ou pensar. Já de regresso ao seu país ficam fascinados com a luz, cor e qualidade das fotografias tiradas com a máquina Lomo. Este fascínio acabou por se alastrar aos jovens de Viena tornando-se numa moda.

Foi em plena Guerra Fria que surgiu a Lomo Kompakt com o objectivo de se tornar num meio para documentar o estilo de vida soviético. Decorria o ano de 1982 e o general Igor Petrowitsch Kornitzky, amante de fotografia e admirador de uma pequena máquina japonesa, a Cosina CX-1, ordenou que a empresa Lomo produzisse em massa máquinas fotográficas pequenas, robustas e fáceis de manipular. Estas seriam comercializadas a baixo custo, podendo ser adquiridas por todas as famílias da ex-URSS que registariam o seu estilo de vida, tornando-se instrumentos de propaganda. Foi então poduzida a Lomo Kompakt Automat e comercializada tanto na União Soviética, como na Alemanha de Leste, Vietname e Cuba.

Em 1995, nasceu a Sociedade Lomográfica em Viena, constituindo a primeira Lomo Embaixada tendo como propósito impedir o desaparecimento destas máquinas russas, já que a fábrica de S. Petersburgo tinha acabado com a produção.

Actualmente, a Lomografia engloba a venda de produtos com novidades frequentes, assim como a realização de diversas actividades culturais, dinamizadas pelas Embaixadas Lomográficas existentes um pouco por todo o mundo. O seu principal projecto comum é a constituição do LomoWorldArchive que será um registo visual realizado por fotografias de lomógrafos de todo o mundo, lomógrafos esses que nos últimos anos constituem uma comunidade de cerca de 500 mil membros.

arte cameras fotografia fotograficas lomo lomografia ©panelomo

arte cameras fotografia fotograficas lomo lomografia ©eels

As máquinas Lomo tornaram-se objectos de culto e a Lomografia constituiu-se como um modo de vida, tendo subjacente um conjunto de 10 regras básicas adoptadas pelos lomógrafos, originando um movimento cultural cujos princípios são partilhados por todos: 1. Leva a tua Lomo onde quer que vás; 2. Fotografa a qualquer hora do dia ou da noite; 3. A Lomografia não interfere na tua vida, é parte dela; 4. Aproxima-te o mais possível do objecto a ser fotografado; 5. Não olhes pelo visor; 6. Não penses; 7. Sê rápido; 8. Não precisas saber com antecedência o que fotografaste; 9. Nem depois; 10. Não te preocupes com quaisquer regras.

A Lomo é uma câmera automática, de alta sensibilidade, capaz de capturar cor e movimento sem necessidade de flash e sem deformação. Existem vários modelos de Lomo, dependendo do efeito que produzem nas fotografias, sendo os mais conhecidos a LC-A, Diane, Holga, Fish-Eye, assim como vários acessórios complementares a cada uma delas.

É apenas uma questão de escolher qual a Lomo do dia, sair a «disparar» e divertir-se com o resultado final que poderá ser surpreendente!

arte cameras fotografia fotograficas lomo lomografia ©anelfandhiszippo

cátia fernandes

viaja por locais, sonhos e projectos... pelos factos da História, questões da ciência e pela beleza da arte.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
v4/s
 
Site Meter