misa digital guitar: a mal amada



digital guitarra midi musica

Apesar de não ter visto ainda a luz do dia, a Misa Digital Guitar, mais contestada que amada, ameaça mesmo assim extravasar da sua alegada condição de gadget e vir a ganhar um espaço de destaque na boca de cena do panorama musical.

Mais do que uma guitarra, a Misa Digital Guitar é, segundo as opiniões dos seus heréticos apoiantes ou dos seus puristas detractores, ou um novo instrumento, ou uma nova interface que permite controlar um sintetizador com standard MIDI.

Mesmo se a considerarmos somente como uma interface MIDI, a Misa constitui por si só uma inovação, fazendo desaparecer do seu layout toda a espécie de botões e faders comuns a todos os sintetizadores-emuladores de guitarra.

Desprovida de cordas, a Misa oferece para a mão direita, em substituição do tradicional pickup, um touchscreen multifunções sensível à pressão que serve não só para percutir as cordas virtuais como também para controlar os efeitos sonoros como o pitch, o sustain, ou os filter cutoffs , que nas guitarras eléctricas tradicionais são controlados por botões, faders ou pedais externos,.

Arrastar ou percutir o touchscreen em diferentes áreas produz diferentes modulações dos efeitos sonoros, variando a intensidade sonora com a força com que se percute o ecrã. O braço da guitarra é constituído por 144 sensores “keycap” não sensíveis à pressão, distribuídos por 24 trastes que simulam o layout de uma guitarra de seis cordas.

digital guitarra midi musica

O core da Misa é um AMD Geode CPU a 500MHz, que corre um open source software de base Linux, o que permite ao utilizador alterar livremente toda a parametrização dos efeitos sonoros.

Fabricada nas cores branca e preta pela empresa MISA sediada em Sydney, Austrália, aguarda-se a qualquer momento que o preço e a data de entrega sejam disponibilizadas aos ávidos consumidores.

A Misa não será nunca um instrumento de trabalho para os rockers mais empedernidos, mas uma coisa é certa: novo instrumento ou mero controlador MIDI esta “guitarra” vai decididamente alterar o visual e o som com que os performers da vertente mais tech minded da música vão explanar em palco a sua criatividade.

Fonte das imagens: 1, 2.

jr

um homem do mundo.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
v4/s
 
Site Meter