revista detective comics


detective comics

A revista Detective Comics nasceu em 1937, publicada pela editora que hoje é chamada de DC Comics (e, de fato, as iniciais da editora se referem ao título desta revista). Para se ter uma idéia, seu primeiro grande sucesso, o personagem Super Homem, só surgiría em 1938, na estréia de um novo título, chamado Action Comics. Já a revista Detective Comics é a publicação que tem sua duração ininterrupta mais lôngeva na história dos quadrinhos norte-americanos (a numeração de capa mais alta) sendo publicada até os dias de hoje, onde apresenta mensalmente as aventuras de Batman.

Quando surgiu, publicava histórias de aventura policial, com forte apelo detetivesco, gênero que era muito popular na época (vide os famosos pulp fictions). Em suas páginas, viam-se personagens como Ching Lung (um vilão inspirado no Fu Manchu), Slam Bradley (detetive que surgiu da mente dos futuros criadores do Super Homem), Speed Saunders entre outros.

Mas o mais célebre personagem da revista só surgiría em maio de 1939, no número 27 da revista: Tratava-se de The Bat-Man, que seria conhecido mais adiante apenas como Batman (mudando apenas a grafia). O personagem se tornou a estrela principal da revista, sendo que suas páginas seriam ocupadas apenas por aventuras do universo de Gotham City.

Batman, mesmo fantasiado, tinha suas aventuras ainda voltadas para o gênero policial, sendo pouco explorado como super herói (mesmo porque, o personagem não tinha nenhum poder sobre humano, além de suas habilidades físicas e mentais). Com isso, as histórias do homem morcego tendiam a ser um tanto quanto violentas demais para um público a que se destinava os quadrinhos. Em abril de 1940, no número 40 da Detective Comics, surgiu uma espécie de “freio” a violência do personagem: o jovem Robin. Além de dar um ar menos sombrio para as histórias de Batman (literalmente, pois Robin usava um uniforme com cores alegres e berrantes que não estavam ali por acaso), o jovem combatente contra o crime também lançou moda dos parceiros mirins de super heróis.

Apesar de Batman, desde seu surgimento, ser a principal atração da revista, a Detective Comics ainda publicava outras histórias, sendo que algumas se tornaram ponto de partida importante para outros personagens. É o caso do marciano Ajax (Martian Manhunter) que surgiu em suas páginas.

A Detective Comics chegou nas décadas de 70 e 80 expandindo suas páginas para comportar histórias de outros personagens que não o Batman… apesar de muitos deles terem surgido de suas aventuas, como o caso das histórias solo de Robin, Batgirl, a antologia Tales of Gotham City e ainda outros que se tornaram cult como o Alvo Humano.

Estima-se que um exemplar original do número 27, onde Batman nasceu, esteja avaliado hoje em mais de 300 mil dólares.

detective comics

detective comics

detective comics

detective comics

Por Dark Marcos


version 1/s/recortes// @obvious, @obvioushp //obvious