museus bizarros que não pode deixar de conhecer

Existe um homem na Califórnia que criou o Museu das Bananas e a sua fascinação pelo fruto é tão grande que apenas se veste de amarelo berrante. Os bonecos velhos têm um local seguro para gozar a reforma, no Museu dos Ventríloquos, em Ohio. Pode também descobrir as profundezas de Paris, no Museu dos Esgotos, ou a origem das sanitas no Museu das Casas-de-Banho, em Nova Deli. Os museus mais estranhos do mundo expõem tudo e não têm vergonha de nada.


museu arte bizarro Museu da Banana

O Museu da Banana, fundado em 1976 em Palm Springs, está registado no GuinessBook como a maior colecção de bananas de sempre. O seu fundador, Ken Bannister, só se veste de amarelo berrante e conseguiu juntar mais de 17 mil artefatos ligados ao fruto. Depois de ter estado à beira de fechar, o museu vai reabrir no início de 2011 num novo local na Califórnia que possa albergar todas as peças ligadas ao fruto: licores, doces, cervejas, chapéus, pasta de dentes, gravatas, pinturas, cerâmicas, cremes, perfumes, roupas - há peças para todos os gostos. Este museu pode parecer no mínimo estranho, mas a verdade é que há museus para todos os gostos, curiosidades e bizarrias.

museu arte bizarro Museu dos Ventrílocos

Para quem teve uma infância assombrada pelos filmes do Chucky, o Museu dos Ventríloquos não é um local aconselhável. Fundado por W.S. Bergerem em Ohio, abre apenas com marcações prévias e é o único do tipo no mundo. Ao seu portfólio pertencem mais de 700 bonecos na reforma, além de milhares de fotografias e livros sobre a arte ventríloqua.

museu arte bizarro Museu dos Esgotos

Além do trio maravilha dos museus Louvre-Pompidou-Orsay, existe em Paris uma galeria que nenhum turista deveria perder: o Museu dos Esgotos. O cheiro é quase insuportável, mas diz-se que esta rede de esgotos é uma das maiores do mundo e constitui uma autêntica cidade subterrânea, com um cenário decadente saído d' "Os Miseráveis".

"Tente pensar nos parasitas sem sentir medo e leve o tempo necessário para aprender acerca desse mundo fantástico" é o slogan do Museu Parasitológico Meguro, em Tóquio. Com mais de 300 espécies - a maioria em tubos de ensaio - as galerias mostram o ciclo de vida de animais que você nunca quis conhecer, como lombrigas, larvas ou bactérias.

museu arte bizarro Museu Islandês do Falo

Na Islândia existe um templo ao pénis. O Museu Islandês do Falo conta com mais de 200 exemplares do dito provenientes de vários mamíferos (de baleias a ursos polares ao próprio ser humano) e muitas outras peças alusivas ao tema: desde cornos, a esculturas, quadros e pinturas.

museu arte bizarro Museu Internacional das Casas de Banho Sulabh

Das mais práticas às mais ornamentadas: o Museu Internacional das Casas de Banho Sulabh, na Índia, conta com centenas de sanitas de todo o mundo, acompanhadas de uma linha cronológica que remonta a 2500 anos A.C. - altura em que já existiam sistemas de drenagem em Mohenjo que levavam para uma vala comum as águas sujas dos lares. Estes e outros factos desconhecidos, bem como modelos e fotografias, podem ser descobertos nestas galerias de Nova Deli.

museu arte bizarro MOBA, The Museum Of Bad Art

Em contraponto ao MoMA de Nova Iorque, Boston criou o MOBA, The Museum Of Bad Art. Desproporção, falta de perspectiva, imitações baratas e falta de técnica: aqui pode encontrar-se de tudo um pouco no que à má arte diz respeito. Sob o mote de "levar a pior arte ao maior público possível", o museu foi criado em 1993 e neste momento procura instalações que possam albergar o crescente número de telas que os responsáveis recebem (e encontram).

Em Merseyside, uma pequena cidade perto de Liverpool, está sediado o Museu dos Corta-Relvas. Há osque funcionam a energia solar, os mais antigos, o que foi usado pelo Princípe Carlos (e outros famosos) e o mais rápido. Além da mostra, existem ainda workshops de reparação das máquinas, para os aficcionados em cuidar da relva do jardim. Mas há muitos mais museus bizarros a serem descobertos por todo o mundo. Na Turquia, o Museu do Cabelo. No Japão, o Museu dos Noodles e o Museu do Cocó. O Museu Mütter nos EUA dedica-se aos fenómenos estranhos da medicina, mas há também um acerca da Conspiração e outro da Pesquisa OVNI (em Roswell, claro). E ainda o Museu das Muletas no Azerbaijão, o Museu da Tortura em Amsterdão e o Museu das Carruagens Funerárias em Barcelona. E os mais obscuros de todos: o Museu das Almas do Purgatório, em Roma e o Museu da Feitiçaria em Cornwall, Inglaterra.

Fontes das imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6.


Diana Caldeira Guerra

A Diana gosta de caracóis temperados no verão, canja de galinha no inverno e autores clássicos em todas as estações do ano
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 7/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Diana Caldeira Guerra