Um novo conceito de BoomBox

A boombox, ícone dos anos 80, acrescentou muito significado à cultura pop e ao modo como a sociedade lidava com a música. Agora, está de volta.


BoomBox

Quem cresceu nos anos 80 se lembra daqueles enormes aparelhos de música portáteis que os jovens carregavam nos ombros enquanto andavam pelas ruas. As boombox tinham vindo já no final dos anos 70 para revolucionar a cena urbana. Tratava-se de um aparelho que permitia ouvir música em qualquer lugar, com entrada para fitas cassetes, era recarregável com baterias ou plugado à tomada. As boombox eram, além de práticas, muito potentes, e viraram febre nas grandes metrópoles.

Sobretudo, esses aparelhos foram responsáveis por “democratizar” a música, uma vez que era possível compartilhá-la com todos, em qualquer lugar. Símbolo dos guetos americanos, a boombox foi um dos agentes pelos quais surgiu a música de rua recente, como os famosos raps ou hip-hops. O impacto causado pela boombox influenciou a maneira como se produzia música e arte nessa época.

Com o tempo o aparelho evoluiu em design até chegar ao minúsculo iPod, por exemplo – com seu aspecto um tanto impessoal. O visual dos anos 80, hoje considerado retrô, foi perdido.

BoomBox

BoomBox

Apesar do estilo da boombox não ser prático quanto às opções que temos hoje, era muito mais charmoso e com muito mais personalidade.

Pensando nisso, o artista e aficionado por audio-visual Dominic "Mr.SiMo" Odbert, de São Francisco, California, decidiu criar uma nova boombox, chamada – convenientemente – de boomcase. Dominic monta, dentro de malas [suitcases], um sistema que permite ter bom som estéreo portátil. Depois de instalar os alto-falantes, as malas tomam um inusitado aspecto da saudosa boombox. Uma maneira muito criativa e original de resgatar o estiloso design retrô.

Odbert escolheu as malas feitas de madeira e couro, pois sua forma e materiais favorecem a estética e, principalmente, a acústica. A Boomcase funciona por meio de um sistema que sustenta o iPod / iPhone, ou qualquer dispositivo com um fone de ouvido. Com um carregador incorpado, uma única carga dura de oito a 14 horas.

Ela também permite que se carregue diretamente qualquer dispositivo USB (iPod, iPhone, Blackberry etc). Algumas boomcases possuem a tecnologia Bluetooth. A potência dos aparelhos varia entre 30, 50, 100, 200 e 400 watts, sendo que as mais vendidas – de acordo com Dominic – são as de 30 e 200 watts. As boomcases de 400 ainda são minoria em seu acervo. Os preços variam entre 300 e 400 dólares, dependendo da configuração. O preço médio de uma boomcase de 200 watts é de cerca de 375 dólares.

Dominic afirma que elas são relativamente leves, além de terem ótima qualidade sonora. As boomcases estão à venda no site theboomcase.

BoomBox

BoomBox

BoomBox


rejane borges

Gosta das cores de folhas secas ao chão. E das cores das folhas velhas dos livros.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 4/s/design// @obvious, @obvioushp //rejane borges