Florence and The Machine - o novo melting pot da música

“You’ve got the love” anda há meses na boca dos portugueses. Florence Welch e a sua banda The Machine lançaram o primeiro álbum há menos de dois anos. Misturando o ritmo pop com influências que vão do rock art, ao neofunk, ao indie ao alternativo, já actuaram um pouco por todo o mundo e conquistaram as tabelas de vendas.



florence machine music musica

“Lungs”, o primeiro álbum da banda, foi lançado em Julho de 2009. Algumas semanas depois, já ocupavam os lugares cimeiros das tabelas inglesas. Rapidamente surgiram comparações de Florence a Kate Bush e a Bjork, graças não só ao estilo alternativo das suas músicas, mas também ao som envolvente, às batidas fortes e à sua voz.

A própria confirma a dureza cruel das letras, “um pouco negras”, segundo palavras suas. E talvez muito do sucesso se deva a isso mesmo. Mas sem dúvida, a figura da cantora é outro dos factores determinantes.

Com um ar de boneca, de pele tão branca, cabelo vermelho e um estilo vintage de menina bem-comportada, tanto parece um anjo como de repente o palco a transforma numa rapariga punk, de ar gótico revoltado e a “abanar o capacete” por entre os cabelos esvoaçantes.

florence machine music musica

Nesse mesmo ano de 2009, “Heavy” fez parte da banda sonora da saga Twilight no filme “Eclipse”, e com isso o seu som chegou aos Estados Unidos. “Kiss with a fist” fora já lançado em 2008 como single de apresentação. No entanto, o vídeo desse mesmo single já não agrada à vocalista. Nem as roupas usadas (uma saia muito curta), nem as coreografias (em que dançava, dançava e dançava, e nos entretantos também abanava a cabeça e a saia se levantava). A própria música “também não é muito artística”. Por ter sido a estreia, aceitou e protagonizou o que lhe fora pedido. E fez bem. A sua carreira despontou a partir dessa música.

Florence escreve letras desde os 17 anos. Hoje, tem 24. Muitas delas fazem parte de “Lungs”. Logo, uma grande parte da sua vida pode ser (re)vista nele: um misto de confissões de adolescente com a transição para a idade adulta. Uma auto-descoberta pelos caminhos do conhecimento e o despertar dos primeiros amores.

florence machine music musica “Dog days are over” foi re-lançado em 2010 com um novo vídeo e venceu um prémio da MTV. O teledisco é uma alucinante combinação entre cenários mágicos e luzes coloridas que "brincam" com as várias Florence e os movimentos de quem a acompanha. Fez parte de campanhas publicitárias (como a estreia televisiva de”Slumdog millionaire” num canal britânico), séries (“Gossip girl” e "Glee" por exemplo) e filmes (“Eat, pray,love”).

“You’ve got the love”, canção original de “The Source” e “Candi Staton”de 1986, também foi adaptada pela banda como Lado B do single anterior. Florence refere-a como uma das suas preferidas de sempre. Os fãs vêm-na como o grande êxito da banda. “Time after time I think, it's just no good sooner or later in life, the things you love you loose,but you got the love I need to see me through” , uma mensagem de coragem e força transmitida pelo poder da música.

florence machine music musica

Mais trabalhos no site da banda Florence and The Machine.

Fontes das imagens: 1, 2, 3, 4.

diana ribeiro

gosta de cores, comer algodão doce, ouvir as ondas do mar e cheirar livros novos. Não dispensa o uso de nenhum dos sentidos.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x1
 
Site Meter