As nádegas de Brueghel

Não sei se Deus está no detalhe - mas as nádegas rosadas de Brueghel, sim. Refiro-me às nádegas pintadas por ele. Este é um desses casos felizes em que a tecnologia amplia certos caprichos do olhar.


arte brueghel nadegas pintura

Quando vi há dias pela primeira vez o Google Art Project, o meu primeiro pensamento como voyeur dos detalhes da pintura antiga (que já partilhei neste artigo sobre as asas dos anjos e neste outro que nem eu sei bem sobre que é) foi para Brueghel e Bosch. Ambos são pintores com um potencial enorme numa ferramenta como esta, que permite mergulharmos de cabeça em alguns quadros dos grandes mestres, ampliando a imagem até ao nível de pormenor da erva rasteira, do besouro, da pestana, ou - para voltar ao início - da nádega.

É que de Brueghel temos estes Ceifeiros - quadro que faz parte de uma série de seis que o mestre dedicou às estações do ano. Quando olhei a paisagem e vi ao longe o que me pareceu um pequeno lago com figuras humanas, decidi espreitar. Zoom puxa zoom, e aí tive a primeira surpresa: eram figuras humanas, sim senhora: e estavam nuas! Não se vêem os detalhes dos corpos, mas dá para perceber que estão nus, até pelas trouxas de roupa amontoadas nas margens. Uma delas, em ângulo lateral, é claramente uma mulher, com os seios meio disfarçados.

arte brueghel nadegas pintura

Mas faltavam ainda um ou dois zooms para vê-las emergir das águas: as nádegas, muito rosadas, muito arqueadas, muito flutuantes; cada uma, sua pincelada mínima de carne. As nádegas, rematadas com aquelas duas pinceladas, coisa pintada de propósito, com vontade.

Segundo o site do Metropolitan, museu onde se encontra o quadro, este tem 116,5 cm × 159,5 cm. Não sei, portanto, se ao vivo conseguimos dar-nos conta das nádegas. Na página sobre o quadro há um vídeo que fala dos banhistas, que fala do detalhe finíssimo das pinceladas de Brueghel, que diz coisas muito bem observadas e que revelam uma grande admiração e uma grande paixão por esta obra. Mas sobre as nádegas, nem uma palavra. Mais cego é quem não quer ver.

arte brueghel nadegas pintura

Fonte das imagens: 1.


version 2/s/artes e ideias// //tajana