Mamma Mia: uma viagem dos ABBA ao cinema

Uma mãe. Uma filha. Três (possíveis) pais. Este é o mote de "Mamma Mia", um dos musicais mais aclamados dos últimos tempos e que conta com os êxitos do quarteto sueco Abba. Estreado em Londres em 1999, ainda se mantêm em cena, tendo vindo a ser adaptado a cada país por onde passa.


mamma mia musical

Mamma Mia é ao mesmo tempo uma das músicas do conhecido grupo pop Abba e o nome escolhido para este espectáculo. A trama porém, não tem nada a ver com a biografia da banda.

Judy Craimer é a grande responsável pela sua produção. Em 1983, propôs a Benny Andersson e Björn Ulvaeus, compositores e autores das letras, uma adaptação das mesmas a teatro musical. Nenhum se opôs à ideia, mas também não demonstraram grande interesse.

Em 1997, a produtora contrata Catherine Johnson. Esta, encarregue então de criar um roteiro para a peça, baseia-se no filme de 1968 Buona Sera Mrs Campbell e nos êxitos dos Abba.

É na vida de Sophie e na busca pelo pai que nunca conheceu que se desenrola a história. Prestes a casar, encontra o diário da mãe e descobre o relacionamento desta com três homens, sendo que cada um deles pode ser o seu verdadeiro pai. Sem que a mãe saiba, convida-os a todos para o casamento. Donna terá agora que enfrentar os fantasmas e as emoções do passado.

mamma mia musical

mamma mia musical

Numa divertida comédia, por entre as inebriantes paisagens da Grécia, “Mamma Mia”, “Dancing Queen”, “Money, Money, Money”, “I have a dream” ,”SOS" e muitos outros hits dos anos 70 e 80 vão soando. Há dança, muita dança, a contagiar de tal forma o público que é impossível não dar um "pezinho" mesmo sentado. As coreografias foram criadas por Anthony Van Laast. A supervisão e arranjos musicais são de Martin Koch.

mamma mia musical

Depois da estreia em Londres, este musical passou por São Francisco em 2000 e chegou à Broadway, Nova Iorque, em 2001. Em 2002 foi adaptado pela primeira vez numa língua estrangeira e chegou a Hamburgo. Seguiu-se Madrid, Estocolmo, Moscovo, Istambul, São Paulo, Lisboa, entre muitas outras cidades. Já foi traduzido para quatorze idiomas.

Com receitas acima dos dois biliões de dólares, foi considerado o mais bem sucedido financeiramente de todos os musicais.

O sucesso ultrapassou os palcos e “aterrou” nos ecrãs de cinema em 2008. Meryl Streep, Pierce Brosman, Colin Firth, Stellan Skarsgård e Amanda Seyfiend deram vida à mãe, aos pais e à filha, respectivamente.

Fontes das imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6.


diana ribeiro

Gosta de cores, comer algodão doce, ouvir as ondas do mar, cheirar e tocar em livros novos. Não dispensa o uso de nenhum dos sentidos.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //diana ribeiro