Corinne Vionnet: centenas de fotografias, uma imagem

A fotografa franco-suíça Corinne Vionnet apresenta no seu projecto “Photo Opportunities” uma espantosa viagem pelo mundo, guiando-nos através dos seus mais conhecidos monumentos, visitados todos os anos por milhares de turistas. É da junção de centenas de fotografias encontradas na internet e na sobreposição das mesmas que resulta este efeito quase impressionista e tridimensional de cada lugar.


fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Manhattan, Nova Iorque

Sem ter que levar voo, gastar dinheiro ou mesmo sair da sua cadeira, pode embarcar nesta visita aos quatro cantos do Mundo, graças ao projecto “Photo Opportunities” de Corinne Vionnet.

Após várias pesquisas na internet, a fotógrafa recolheu cerca de 200 a 300 fotografias de cada um dos mais conhecidos e visitados monumentos. Essas imagens foram tiradas por turistas que quiseram eternizar as suas viagens. O facto é que de original pouco têm: é comum serem feitas no mesmo sítio e muitas vezes captadas do mesmo ângulo. “Porque é que tiramos sempre o mesmo retrato, senão para interagir com o que já existe?”, pergunta. “A fotografia prova a nossa presença, e para ser verdadeira terá que estar em sintonia com as nossas próprias memórias”, acrescenta Corinne.

fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Monte Fuji, Japão

Se visitarmos Paris, vamos certamente fotografar a Torre Eiffel. Se aterramos em Londres, vamos querer guardar “a nossa imagem” do Big Ben. E se passarmos por Moscovo, não vamos querer regressar sem mostrar como é o Kremlin. Daí que a artista tenha reunido todas as memórias desses turistas numa só. Corinne sobrepôs cuidadosamente cada grupo de fotografias, umas sobre as outras, o mais parecidas possível até alcançar o resultado que desejava: o fantástico movimento de todos os lugares, marcando assim a passagem de cada pessoa que lá esteve. As silhuetas e as sombras visíveis em cada uma correspondem ao verdadeiro frenesim diário em torno destes locais turísticos.

fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Kremlin, Moscovo

fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Parténon, Atenas

A própria fotografa considera que o projecto não teria o mesmo significado se fosse a autora das gravuras. O “Photo Opportunities só faz sentido porque está ligado ao colectivo. Porque mistura as vivências e os sentimentos, ao mesmo tempo que une o instantâneo captado por diferentes olhos. O trabalho acaba assim por alcançar tecnicamente um aspecto tridimensional e adquirir uma visão quase impressionista, em que cada um pode simplesmente dizer “ali estou eu, sim, estive aqui”.

Corinne é actualmente representada por duas galerias, uma na Suíça e outra no Dubai. Desde 2002, já realizou importantes exposições um pouco por todo o Mundo, tem vários livros e catálogos editados e colabora também com diversas publicações, principalmente inglesas e americanas. Veja o site da fotógrafa.

fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Torre Eiffel, Paris

fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Taj Mahal, Índia

fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Pirâmides de Gizé, Egipto

fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Praça de Tiananmen, Pequim

fotografia turismo corinne vionnet monumentos massas Coliseu, Roma


diana ribeiro

Gosta de cores, comer algodão doce, ouvir as ondas do mar, cheirar e tocar em livros novos. Não dispensa o uso de nenhum dos sentidos.
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //diana ribeiro