brian dettmer - escultura com livros

Já imaginou pegar num livro, sem que o propósito fosse apreciar a história do mesmo? Não? Talvez porque ainda não conhece Brian Dettmer. Este escultor norte-americano é conhecido pelas “cirurgias” e transformações pelas quais as páginas sofrem nas suas mãos. Ao serem talhadas, vão sendo reveladas imagens e palavras seleccionadas, transmitindo uma nova visão dos segredos e detalhes escondidos no seu interior. Um exemplo de como algo destrutivo à primeira vista, é capaz de criar verdadeiras obras de arte.



brian dettmer escultura livro

Brian Dettmer, nascido em 1974 e criado em Illinois, nos Estados Unidos, começou por se dedicar à pintura e realizar trabalhos como artista gráfico. Porém quando terminou a faculdade e trabalhava numa loja, os jornais e as revistas ganharam uma nova perspectiva para si.

Os textos, as imagens, a linguagem, os códigos e principalmente a relação que se estabelecia entre todos eles, fez com que pegasse numa tela e fosse colando pedaços arrancados das suas páginas. Em 2000, foi a vez dos livros. Estes começaram a ser talhados e dissecados nas suas mãos tal e qual um cirurgião. Com a ajuda de uma pinça e uma lâmina, Brian expõe toda a “anatomia” do próprio livro, em criações desconcertantes. Uma nova e ousada abordagem entre forma e conteúdo, algo que segundo o artista era preciso fazer.

Desde aí não tem parado. Dicionários, enciclopédias, livros de história, de arte, de medicina, de banda desenhada entre outros, todos são usados como material para as suas esculturas. Depois, escolhe determinadas imagens e palavras criando uma tridimensionalidade que leva a uma nova interpretação dos livros. Enquanto o faz, deixando de lado o papel que não lhe interessa, utiliza verniz para equilibrar o restante.

brian dettmer escultura livro

Um dos seus trabalhos mais marcantes data de 2003: o “New Internacional Dictionary”, um original de 1947, todo trabalhado e lacrado, com várias imagens cortadas na capa. Mais recentemente, introduziu novas técnicas no seu processo criativo. Passou também a dobrar, enrolar e empilhar vários livros de uma só vez, dando-lhes novas formas. Em 2009, um conjunto completo de enciclopédias “New Books of Knowledge” serviu para uma das suas esculturas. Alguns mapas e mesmo cassetes de áudio e vídeo foram transformadas. O das estradas dos Estados Unidos e do Médio Oriente viraram mapas tridimensionais e algumas cassetes de filmes de faroeste e gangsters são agora arranjos florais para funerais. As suas criações têm sido exibidas um pouco por todo o Mundo e actualmente são expostas em várias galerias de arte, como a “Tillou Fine Art + Kinz” em Nova Iorque, a “Schopf Packer Gallery”, em Chicago , a “Tourell Toomey”, em São Francisco, a “Salinas” em Atlanta e a “Mito” em Barcelona.

Desde 2006 que Dettmer vive em Atlanta. É daí que cria estas obras de arte, revelando uma outra visão do interior das páginas, que todos os dias nos passam pelas mãos sem esta criatividade.

brian dettmer escultura livro

brian dettmer escultura livro

brian dettmer escultura livro

brian dettmer escultura livro

diana ribeiro

gosta de cores, comer algodão doce, ouvir as ondas do mar e cheirar livros novos. Não dispensa o uso de nenhum dos sentidos.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
v5/s
 
Site Meter