O Cotidiano Colorido de Maria Dolores

A jovem fotógrafa Maria Dolores documenta sua vida buscando, foto a foto, apreender a beleza das coisas do seu cotidiano.


cotidiano, dolores, fotografia, maria, quotidiano

Há males que vem para o bem. Apesar do crescimento assustador e da inserção também assustadora da tecnologia no cotidiano das pessoas, a internet, por outro lado, tem sido um ótimo meio para a divulgação e promoção de novos artistas - que, se dependessem dos antigos meios de publicidade e promoção, arriscaria dizer que jamais teriam suas obras expostas ou vistas por um número tão grande de pessoas como a internet permite.

A jovem fotógrafa Maria Dolores, por exemplo, mantém há cerca de três anos um Flickr intitulado Colores de Dolores, onde documenta sua vida pessoal através da sua arte. Este diário fotográfico, digamos assim, só está acessível a nós por causa deste atual contexto, onde os meios de exibição e promoção da obra de arte de certa forma se democratizaram, e todos os novos artistas acham meios de se comunicarem e interagirem com seu público. Sorte deles, e sorte nossa também.

cotidiano, dolores, fotografia, maria, quotidiano

cotidiano, dolores, fotografia, maria, quotidiano

O Flickr de Maria Dolores me parece sintomático também de uma estética que me agrada bastante. Uma estética que não prioriza técnicas fotográficas ou temas já imortalizados dessa arte, como, por exemplo, fotos de pessoas humildes e manifestações populares, como já o fez lindamente o fotógrafo Pierre Verger (francamente, ele não precisa de imitadores).

A estética procurada por Maria Dolores é nada mais que extrair as cores do seu cotidiano, das coisas e das pessoas que a rodeiam. Sem mentiras, sem invencionices. É uma procura pelo belo dentro de mecanismos e experiências que a sua breve vida possui. Neste sentido, seus personagens fotográficos quase sempre são seus amigos e familiares, ou lugares conhecidos e íntimos - em certas circunstâncias, seu próprio corpo: são numerosos os auto-retratos e também alguma nudez.

cotidiano, dolores, fotografia, maria, quotidiano

cotidiano, dolores, fotografia, maria, quotidiano

cotidiano, dolores, fotografia, maria, quotidiano

O que é mais comovente e interessante na incipiente obra da fotógrafa Maria Dolores é poder acompanhar, através das atualizações do seu Flickr, seu constante aprimoramento estético. É como se ela já tivesse dentro de si mais ou menos um caminho para a sua arte, mas como estes caminhos não são suficientemente claros (não apenas para ela, mas para todos os artistas de real valor, que não deixam alijar seu potencial artístico buscando um fim para sua obra), temos a chance de ir acompanhando e testemunhando, foto a foto, uma eterna e frutífera busca pela apreensão do belo.

cotidiano, dolores, fotografia, maria, quotidiano

cotidiano, dolores, fotografia, maria, quotidiano

Duvidam? Então vejam com seus próprios olhos.


Ederval Fernandes

Ederval Fernandes é baiano de Feira de Santana.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 2/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //Ederval Fernandes