Héctor Serrano: porque não pensei nisso antes?

Dar uma cara nova à coisa mais banal do mundo precisa de muita dedicação e conhecimento. Não são todos que alcançam o sucesso. E os que conseguem, o fazem com louvor. Conheça Héctor Serrano.


cotidiano, design, hector, minimalismo, quotidiano, serrano © Héctor Serrano, "Dress For Dinner Napkins".

Héctor Serrano dá uma nova cara a objetos comuns e sem graça. Tem ideias úteis e consegue encantar com seu design "perfecto" - moderno, minimalista e sem data de validade.

Artistas são pessoas que gostam de inventar. Exploram novas perspectivas, mudanças rotineiras de caminhos, um novo olhar para aquele velho objeto... Às vezes, são esquisitos. Saem do comum, do padrão que todos estão acostumados a lidar diariamente.

Héctor estudou Desenho Industrial em Valencia, na Espanha, e, mais tarde, fez mestrado em Design de Produto na The Royal College of Art, em Londres, Inglaterra. Cidade, aliás, onde tem seu escritório desde 2000.

Em seu site ele define seus projetos como uma combinação de inovação com a comunicação de idéias familiares de formas inusitadas e criativas. As atividades do estúdio se dividem em produto e trabalhos em laboratório; estes últimos são projetos de pesquisa. Seu escritório já recebeu diversos prêmios e seus trabalhos foram exibidos em museus de renome, de Londres a Nova York.

Os produtos de Héctor são aqueles objetos que nos fazem vir à cabeça: “por que nunca pensei nisso antes?” e, depois que os descobrimos, não conseguimos viver sem. O design é impecável, é moderno, mas ao mesmo tempo atemporal. São como roupas feitas sob medida. Seja para decorar ou para se tornar o objeto mais útil de sua vida.

Um ótimo exemplo é o “Do Not Lose Me”, que fez para um de seus clientes, o Twentytwentyone. Com o design das plaquinhas de “não perturbe” de hotéis, ele descomplica a vida de qualquer um deixado as chaves sempre à mão e no melhor lugar possível: na porta.

cotidiano, design, hector, minimalismo, quotidiano, serrano © Héctor Serrano, "Reduced Carbon Footprint Souvenirs".

O “Carmem”, feito para FontanaArte, dispensa explicações. É preciso ver. Um jogo de luzes inspirado nas armaduras antigas, com camadas que criam um jogo de luz e sombra. Charmoso a ponto de mudar completamente o ambiente apenas ao pendurá-lo em seu teto.

cotidiano, design, hector, minimalismo, quotidiano, serrano © Héctor Serrano, "Carmen".

“Papa de Tenerife”: quem conhece um pouco das Ilhas Canárias, na Espanha, deve ter ficado com água na boca. Esse produto/embalagem tem o único propósito de fazer jus ao cardápio e apresentá-lo como merece. O souvenir tem tudo o que você precisa para cozinhar o prato: batatas, molho picón e sal grosso marinho.

cotidiano, design, hector, minimalismo, quotidiano, serrano © Héctor Serrano, "Papa De Tenerife".

O projeto, que fez parte do Festival de Design de Tenerife, é daqueles de dar pena de usar. E, mais uma vez unindo o útil à arte, a embalagem traz uma receita sucinta para não ter erro. Tudo bem ao estilo Héctor Serrano: deslumbra pelo design e conquista pela praticidade.

cotidiano, design, hector, minimalismo, quotidiano, serrano © Héctor Serrano, "Do Not Lose Me".

cotidiano, design, hector, minimalismo, quotidiano, serrano © Héctor Serrano, "La Siesta for La Mediterranea".

link


mariana carrillo

se contenta se falar e for ouvida.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/design// @obvious, @obvioushp //mariana carrillo