Palm Springs e o modernismo no deserto californiano

A cidade era o lugar da moda em meados do século XX. Elvis Presley, Frank Sinatra, entre outras estrelas de Hollywood, eram freqüentadores assíduos. E esse público freqüentador levou até ali diversos arquitetos de grande importância da época, deixando em Palm Springs a rica herança de um estilo modernista.



arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Coachella Valley".

Palm Springs é uma cidade americana situada no interior do estado da Califórnia, na parte oeste do vale Coachella, que possui aproximadamente 45 mil habitantes. Fica a duas horas de carro de San Diego e de Los Angeles. Seu clima é desértico, com sol em mais de 350 dias por ano, atingindo temperaturas altíssimas durante o verão e temperaturas mais amenas durante o inverno.

A cidade está localizada em uma planície no sopé das montanhas San Jacinto. Suas ruas, quase todas retas, são quase que inteiramente delineadas por palmeiras, o que dá à cidade um charme especial.

Com a invenção e popularização do ar condicionado a partir da década de 20, o deserto californiano deixou de ser uma região árida e pouco apetecível para se tornar um refúgio dos invernos austeros das regiões vizinhas. Foi quando o jet set internacional despertou para o vale Coachella e, ao desenvolver a área, levou até o deserto a arquitetura modernista, sinônimo de luxo e sofisticação para a época.

Conhecido pelo uso do vidro e linhas retas, o denominado modernismo do deserto está ligado a um estilo de vida de simples elegância e informalidade. Os principais arquitetos responsáveis pelos projetos que traduzem essas características em casas, comércios, igrejas, hotéis, escolas, entre outros, são os famosos Richard Neutra, John Lautner, Donald Wexler, Albert Frey, William "Bill" Krisel, Palmer and Krisel, Inc., William F. Cody, John Porter Clark, George e Robert Alexander e Stewart Williams.

arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Casa Haufmann".

Um dos principais ícones do modernismo do deserto é a famosa casa Kaufmann, considerada a obra-prima do austríaco Richard Neutra, radicado nos Estados Unidos nos anos 20. Construída em 1946 com materiais como vidro, aço e pedra, foi recentemente leiloada com a dignidade de uma grande obra de arte, ao lado de obras de Andy Warhol e Francis Bacon, levando a arquitetura a um outro patamar - o de arte colecionável, como a pintura e a escultura. A casa de 300m2 foi adquirida por algo em torno de US$ 17 milhões.

arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Casa Haufmann".

Outro ícone de igual importância para o cenário modernista de Palm Springs é o incrível posto de gasolina projetada por Albert Frey e Robson Chambers, construído em 1965. O edifício, de forma inusitada para um posto de gasolina, é hoje sede do centro de informações turísticas da cidade. Sua cobertura possui contornos de um parabolóide hiperbólico, feito com estrutura metálica.

arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Posto de gasolina".

arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Posto de gasolina".

Importante citar Stewart Willians, arquiteto que projetou várias edificações modernistas em Palm Springs. De todas as suas obras, merecem destaque o edifício de escritórios Oasis, concluído em 1952, a casa de Frank Sinatra, concluída em 1946, e o banco Coachella Valley, concluído em 1960. Esse banco, inclusive, possui formas semelhantes às de Oscar Niemeyer no Palácio da Alvorada, finalizado apenas dois anos antes, em 1958. Hoje, ele é a sede do banco Chase.

arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Escritórios Oasis".

arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Casa de Frank Sinatra".

arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Banco Coachella Valley".

Um dos locais mais populares de Palm Springs é a chamada casa do futuro, construída em 1962 e projetada por William Krisel. Assim que a casa ficou pronta, a revista Look publicou uma reportagem falando que ela era um modelo de casa do futuro, o que lhe rendeu este nome. Mas a casa se tornou realmente famosa por ter sido o lugar onde Elvis e Priscilla Presley passaram sua lua de mel em 1967.

arquitetura, califórnia, coachella, deserto, estados, modernismo, palm, springs, unidos © Izabela Americano, "Casa do Futuro".

O comitê responsável pela preservação da história de Palm Springs possui uma lista com 75 edificações do estilo modernismo do deserto. Para os que visitam a cidade, é possível comprar um mapa com a localização de todas elas.

A importância histórica da cidade está sendo cada vez mais reconhecida: Palm Springs foi citada como um dos 12 destinos culturais para arquitetura americana. Além de ser uma cidade linda e charmosa, alimenta os olhos de seus visitantes com cultura e design.

izabela americano

era advogada. Largou tudo e resolveu virar arquiteta. Hoje ela une a habilidade com as palavras que o direito lhe deu com o olhar artístico que a arquitetura lhe ensinou para escrever e compartilhar sobre as coisas que a surpreende.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x9
 
Site Meter