Petros Chrisostomou: a fotografia da ilusão

O fotógrafo grego Petros Chrisostomou desafia o espectador a questionar-se sobre a realidade do que vê. É que ao observarmos as suas imagens, pensamos que estas retratam objectos enormes em cenários de tamanho natural. Só que, na verdade, isto é apenas uma ilusão criada pelo artista com o propósito de “baralhar” os nossos sentidos.



escala, fotografia, ilusao, instalacao, objectos © Petros Chrisostomou, "Wated Youth".

Um ovo gigante? Um sapato capaz de alcançar o tecto? Sim, à primeira vista é isto que as imagens de Petros Chrisostomou mostram. O fotógrafo grego, nascido em 1981, transporta para este projecto um cenário surrealista que podia ter saído de “Alice no País das Maravilhas”. É que os objectos retratados parecem assumir dimensões próprias num mundo rodeado de construções fantasiosas.

Só que, na verdade, o seu objectivo é mesmo esse: “baralhar” os sentidos dos espectadores, levando-os a crer que aquilo que vêem é real. Petros utiliza objectos comuns do dia-a-dia, como um sapato, uma caneta ou um ovo, e joga com o seu tamanho. Para conseguir o efeito pretendido, fotografa-os em miniaturas de cenários e junta-lhes a iluminação e o ângulo correcto, iludindo assim qualquer um.

Nas suas imagens, os objectos passam de um tamanho normal a gigantes, tal como Alice - mas sem beber nenhuma porção mágica para os fazer crescer. Tornam-se desproporcionalmente grandes para os espaços que ocupam. Petros atribui a sua criatividade, em adulto, a uma infância “(…)antes do mundo dos jogos de computador. Nesse tempo, tínhamos de inventar os nossos próprios mundos imaginários, pondo um cobertor num par de cadeiras, coisas assim tão simples”.

escala, fotografia, ilusao, instalacao, objectos © Petros Chrisostomou, "Spondilos".

escala, fotografia, ilusao, instalacao, objectos © Petros Chrisostomou, "Galacta".

O fotógrafo acaba por desafiar a certeza do que vemos, numa perspectiva divertida entre o real e o imaginário. Os objectos centrais do seu trabalho transformam-se numa ilusão, um sonho que “saltou” para ser visto por todos.

Actualmente, Petros vive em Nova Iorque. Em 2009 ganhou o Royal Academy/ Land Securities Awards, que lhe deu acesso a um espaço seu no 48 Oxford Street por um ano e uma exposição individual. Os seus projectos já passaram também por outros locais importantes como as “Galerie Xippas”, em Paris e Atenas, ou a “Ceri Hand Gallery”, em Liverpool. Veja o site do artista.

escala, fotografia, ilusao, instalacao, objectos © Petros Chrisostomou, "Forever".

escala, fotografia, ilusao, instalacao, objectos © Petros Chrisostomou, "Seduction".

escala, fotografia, ilusao, instalacao, objectos © Petros Chrisostomou, "Battery".

escala, fotografia, ilusao, instalacao, objectos © Petros Chrisostomou, "8".

diana ribeiro

gosta de cores, comer algodão doce, ouvir as ondas do mar e cheirar livros novos. Não dispensa o uso de nenhum dos sentidos.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x1
 
Site Meter