Life In A Day: todo o mundo num único dia

Um documentário que mostra o mundo bifurcado, a abrir-se em indivíduos, cada qual com sua própria maneira de existir e coexistir na mais colorida e curiosa diversidade.


cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

Uma ideia mobilizou milhares de pessoas a compartilhar alguns momentos de seus dias com o resto do mundo. Em 2010, o site de vídeos Youtube pediu que seus usuários enviassem gravações sobre suas vidas a fim de reuni-las em um único vídeo. O projeto, intitulado “Um dia em sua vida” tinha como objetivo muito mais do que entreter milhares de pessoas ao redor do globo: pretendia torná-las conscientes do conceito de coletividade.

A ideia gerou uma resposta de mais de 80 mil vídeos, com cerca de 4.500 horas de gravações, vindas de 192 países. Tudo filmado num único dia, 24 de Julho de 2010. Tal entusiasmo, de pessoas de todas as partes do mundo, inspirou o diretor e produtor executivo Ridley Scott que, junto a Tony Scott, Kevin MacDonald e o próprio Youtube, decidiram produzir um documentário baseado nas gravações.

O documentário mostra a disparidade dos cotidianos, da vida que pulsa ao nosso redor, dá voz a outras culturas e costumes, é uma janela para outras realidades. E qual a importância disso? Nenhuma, para quem pensa que o universo gira e funciona somente no perímetro que lhe interessa - geralmente, o próprio umbigo. Estamos tão acostumados a nos interessar e a nos preocupar apenas com o que acontece ao alcance de nossos olhos que nos esquecemos, com generosa indiferença, que o mundo acontece também, e intensamente, distante de nós.

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

“Life in a Day” deixa claro que, apesar da dissonância que borbulha na Terra entre os povos, as raças, as línguas e as culturas, todos compartilham de um mesmo anseio: o de se expressar. Compartilhar um dia-a-dia banal, ou a complexidade do amor e da dor, o sofrimento, a solidariedade e a resignação é, aparentemente, uma necessidade de todas as pessoas.

Um mundo que a cada dia facilita a maneira como comunicamos e partilhamos informações, que facilita a troca de opiniões, deve também estar apto e preparado para aceitar essa extraordinária disparidade de visões e conceitos, como podemos perceber no documentário.

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

Os colaboradores que entraram para a produção final foram creditados como co-diretores e participaram da exibição no Sudance Film Festival em Janeiro de 2011, um dos maiores e mais respeitados festivais do cinema. O lançamento ocorreu ao vivo pelo canal do projeto no Youtube, no dia 31 de outubro de 2011. O filme foi distribuído pela National Geographic Films.

A luta pela aceitação e pela união, pelo respeito ao outro e à sua cultura, deve ser travada e cobrada. Por isso penso que todos deveriam assistir ao filme, para entender a grandiosidade dos outros como extensão de nós mesmos. Fazendo isso, estamos engrandecendo todo o planeta. Compartilhamos o instinto e a matéria, a simplicidade que reside no dia-a-dia, assim como compartilhamos, também, a complexidade que transcende nosso entendimento do que existe e acontece além de nós, debaixo do mesmo sol.

Assista ao vídeo aqui no Youtube.

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube

cotidiano, diversidade, globalizacao, humanidade, ridley, scott, video, youtube


rejane borges

Gosta das cores de folhas secas ao chão. E das cores das folhas velhas dos livros.
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //rejane borges