OBVIOUS dá 40% desconto na Amazon

George Orwell - 1984

Remake Project: transformando telas em fotos

Você já pensou se os artistas plásticos mais consagrados da história da arte não usassem pincéis e tintas, mas sim câmaras fotográficas? Essa pode ter sido a pergunta que guiou o concurso fotográfico Remake. Ele instigou os internautas a se travestirem de obras de arte. A proposta é simples, mas alguns resultados são surpreendentes.



fotografia, pintura, remake © Remake Project, Emily Kiel.

A obra de arte é um “inutensílio”, como bem disse Paulo Leminski, mas, mesmo não tendo utilidade prática, ela desperta paixão. Foi com este ingrediente mágico que brincaram os proponentes do Remake Project: o blog de arte booooooom e a Adobe.

Após a invenção de uma máquina capaz de capturar o presente e transportá-lo para um tempo incontrolável, os olhos podem ter se tornado o órgão mais essencial à vida, ainda mais em tempos de conectividade total como os de hoje. A câmara fotográfica deu ao homem condições que ele apenas sonhava: uma visão que pode chegar além do que se espera de um olho humano e a possiblidade de superar o tempo.

Walter Benjamin, pensador alemão, escreveu um texto que tem um nome longo e complexo: “A obra de arte na era da sua reprodutibilidade técnica”, mas que fala sobre uma coisa à qual já estamos acostumados: a reprodução da obra de arte. Há, neste texto, uma frase que gosto muito: “Com a fotografia, o valor de culto começa a recuar, em todas as frentes, diante do valor de exposição.” Ou seja, a partir do momento que o homem se viu diante de uma objetiva e pode “refazer” a obra de arte, seguindo apenas o seu ponto de vista, a aura dos “gênios da arte” se quebrou e passámos a viver a arte como algo próximo.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Maria Eduarda.

O Remake Project está aí para isso, para mostrar que a obra de arte não é algo intocável. Pelo contrário, a obra de arte é comunicação e, como toda comunicação, ela depende de um receptor disposto e ativo.

Não é à toa que vemos cada vez mais projetos que “refazem” obras consagradas: pinturas que viram fotografias, pinturas que viram esculturas com lego, filmes que viram infográficos, fotografias que fazem o caminho inverso e se tornam pinturas, enfim, as possibilidades são inesgotáveis.

Já não era sem tempo de o bom humor chegar ao mundo sisudo das artes. Eu me pergunto o que diria Van Gogh ao ver um autorretrato tão real de si mesmo!

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Seth Johnson.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Dora Maar.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Fanchon Bonnefois.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Joshua Louis Simon.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Justin Nunnink.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Kevin Thom.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Marianna Oboeva.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Natalie Pereira.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Natalie Pereira.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Niklas Enhag.

fotografia, pintura, remake © Remake Project.

fotografia, pintura, remake © Remake Project, Yesenia Caloca.

jéssica parizotto

é uma proparoxítona, interessa-se por haicais, músicas pouco conhecidas e jogo de palavras. Queria voar de balão, mas tem medo de altura.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x5
 
Site Meter