A invisibilidade visível de Jessica Wohl

“Eu torno visível o invisível”. Essa é a frase com que a artista Jessica Wohl começa a falar de seu trabalho. E, de fato, ela está dizendo uma grande verdade, pois ao observar sua arte fica claro que o sentido das coisas está muitas vezes onde não conseguimos enxergar.



bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "House on a Hill" (bordado em fotografia), 2011.

Metáforas escondidas em pequenos detalhes fazem do trabalho de Jessica algo que insiste no que não vemos ou escolhemos não ver. Tal qual uma investigadora solene de pedaços ínfimos de nossa existência comum, ela consegue captar a essência escondida nas pessoas, objetos e ambientes em uma interpretação totalmente pessoal. E o que pode nos parecer estranho à primeira vista, se examinado com maior cuidado, soa como uma certa subversão da felicidade e da perfeição.

Usando estratégias conceituais, ela trabalha a repetição, a simulação, a mutação... Sempre apagando algo, apertando aqui, escondendo ali, amplificando acolá, entre outras ações que tentam induzir uma certa sensação de desconforto, transpondo as barreiras do mundo exterior. Barreiras estas criadas por nossa visão superficial das coisas com o intuito de nos proteger de tudo aquilo que parece novo, estranho e desconhecido.

O motivo de ela intitular o que faz como “tornar visível o invisível”? Não dá para sabermos ao certo; afinal, cabe também a cada um fazer sua própria leitura da obra. De qualquer maneira, através de um trabalho completamente artesanal, Jessica busca mostrar que nossa condição humana é falha e cheia de imperfeições.

Nascida e criada em Minneapolis, Minnesota, Jessica Wohl terminou o Bachelor of Fine Arts em 2001 pelo Kansas City Art Institute e o Master of Fine Arts da University of Georgia em 2010. Formada originalmente como ilustradora, ela hoje trabalha em seu estúdio com desenhos, pinturas, colagens, instalação e performance. Seus trabalhos já foram exibidos em eventos em Nova York, Miami, Atlanta, Kansas, Finlândia, Noruega e Itália. Atualmente, Jessica mora em uma cabana na floresta em Sewanne, Tennessee, e também trabalha na Brown Foundation como professora assistente de Artes, ensinando pintura na University of the South.

Para conhecer melhor o trabalho da Jessica Wohl, visite seu site.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "Gold Face" (bordado em fotografia), 2011.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "The Family Portrait" (fotografia de estúdio), 2009.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "The Family Portrait" (fotografia de estúdio), 2009.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "Girl" (óleo sobre mylar), 2009.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "Baby" (óleo sobre Stonehenge), 2009.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "Silver Crowns Sylvia" (óleo sobre tela), 2009.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "Hairy Staircase" (detalhe), 2011.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "Hairy Staircase" (Cabelo sintético, tecido e aço, instalado no Hotel Mountainaire abandonado, Hot Springs, Arkansas), 2011.

bordado, desenhos, jessica, pinturas, wohl © Jessica Wohl, "Silver Crowns for Queenie" (óleo sobre tela), 2006.

Todas as imagens gentilmente cedidas pela artista.

petit gabi

é uma pessoa comum, que gosta de escrever sobre coisas comuns, para pessoas comuns.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x3
 
Site Meter