MIMA House - o estilo numa casa pré-fabricada

Imagine se, em vez dos meses que tem de esperar para construir uma nova casa de betão e tijolo, pudesse optar por algo um pouco diferente. A MIMA Architects propõe uma casa pré-fabricada que prima pela simplicidade, flexibilidade e pelo design cuidado. Conheça o projecto que foi reconhecido com um "Building of the Year 2011" pela ArchDaily.


casa, estudio, mimahouse, pre-fabricado © MIMA House (José Campos).

Estilo e simplicidade. Leveza e design. Flexibilidade e consistência. Rapidez e personalização. Tudo isto são atributos da MIMA House, uma casa pré-fabricada criada pela dupla de arquitectos Mário Sousa e Marta Brandão. Tal como o IKEA traz ao grande público a decoração e mobiliário com design acessível, estes arquitectos tentam aliar o estilo à acessibilidade financeira de uma casa pré-fabricada e à capacidade de adaptação que uma sociedade contemporânea exige.

Oriundos de Viana do Castelo, em Portugal, Mário Sousa e Marta Brandão fizeram nascer o conceito da MIMA House na Suiça, onde ambos vivem e trabalham. Influenciados pela arquitectura moderna, são adeptos da simplicidade e da personalização do lar. O fundador da Bauhaus, Walter Gropius, falecido em 1969, disse uma vez que "no futuro, cada pessoa terá a possibilidade de encomendar directamente a um armazém a casa ideal". Marta e Mário apoiaram-se nesta ideia, juntando-lhe a paixão que têm pelos espaços amplos, livres de ruído visual.

Além do modernismo, a MIMA House inspira-se na arquitectura tradicional japonesa, onde se dá especial enfoque à luz, à flexibilidade e ao conforto. Os japoneses criaram uma construção que assenta na montagem de peças estandardizadas que podem ser facilmente adaptadas ou alteradas. As colunas ken, as telas shoji, os painéis fusuma e as esteiras tatami eram fabricadas por artesãos em diferentes locais do Japão para depois serem montadas como um puzzle.

casa, estudio, mimahouse, pre-fabricado © MIMA House (José Campos).

casa, estudio, mimahouse, pre-fabricado © MIMA House (José Campos).

Possuindo 36 metros quadrados (o estúdio tem 18 metros quadrados), a MIMA House usa métodos pré-fabricados de construção, daí que demore apenas um mês a ser entregue após a encomenda e o seu preço não exceda os 50.000€. A sua estrutura é composta por paredes de vidro duplo nos quatro lados da casa e tudo o resto pode ser personalizado: desde o soalho, ao tecto, cozinha e localização dos quartos. Os compradores podem adquirir vários painéis de madeira personalizáveis 1,5mx3m, que podem colocar dentro de casa ou nas paredes envidraçadas, de forma a criar ou eliminar divisões em poucos segundos. Toda a liberdade é dada ao cliente, já que o soalho é todo ele composto por painéis de 1,5m que permitem que se crie divisões onde se deseje. O acabamento e a cor destes painéis são também da inteira responsabilidade do comprador da MIMA.

De forma a maximizar a experiência de personalização para um futuro dono da MIMA House, os arquitectos contam com a ajuda de Miguel Matos, um engenheiro informático que criou um software para o website da casa. Com ele, quem quer que esteja interessado em adquirir uma casa pode recorrer a uma tecnologia 3D para testar a sua localização - através do Google Earth - e e a sua personalização. O modelo em 3D é automaticamente criado e permite ao utilizador "entrar" dentro da casa e escolher os acabamentos, como as paredes externas, as divisões, os materiais e as cores. As escolhas são depois enviadas para a MIMA Architects que mais tarde envia ao cliente uma maquete e um livro com as informações necessárias acerca da casa.

casa, estudio, mimahouse, pre-fabricado © MIMA House (José Campos).

casa, estudio, mimahouse, pre-fabricado © MIMA House (José Campos).

Os pedidos de encomenda da MIMA House, finalizada em Junho de 2011, têm vindo de vários pontos do globo, incluindo Chile, Brasil, Canadá e EUA. Várias revistas de arquitectura têm-se interessado pelo projecto, que ganhou o "Building of the Year 2011" da ArchDaily. O sucesso da casa fez com que a equipa esteja agora a recrutar mais arquitectos, designers, informáticos e especialistas de comunicação. O próximo passo será o desenvolvimento de uma linha de vestuário, mobiliário MIMA, novos projectos de habitação e um catálogo para padrões de parede.

casa, estudio, mimahouse, pre-fabricado © MIMA House (José Campos).

casa, estudio, mimahouse, pre-fabricado © MIMA House (José Campos).

casa, estudio, mimahouse, pre-fabricado © MIMA House (José Campos).


Diana Caldeira Guerra

A Diana gosta de caracóis temperados no verão, canja de galinha no inverno e autores clássicos em todas as estações do ano
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/arquitetura// @obvious, @obvioushp //Diana Caldeira Guerra