Arte e censura: Larissa Sansour

A artista Larissa Sansour, nascida em Jerusalém, realiza trabalhos de cunho político nos campos da fotografia, vídeo artístico, documentário experimental e internet. Um dos seus projetos mais recentes foi criado para o Lacoste Elysée Prize 2011. Os artistas participantes tinham carta branca para produzir imagens sob o tema ”la joie de vivre” (alegria de viver ou felicidade).



arte, censura, Larissa, palestina, Sansour © Larissa Sansour em traje espacial para a filmagem de seu curta-metragem A Space Exodus (2009).

A arte sempre contou com representantes ávidos de transgredir. Sempre houve artistas que tentaram ir contra o formato da sociedade, mostrando-se inquietos ao menor sinal de conforto. Por isso, cedo ou tarde ouve-se falar de artistas censurados, como Larissa Sansour.

Logo após indicá-la como uma das finalistas, a marca da estampa do crocodilo decidiu revogar a decisão e excluí-la do concurso alegando o tom extremo político e pró-palestino das imagens. O museu Elysée Lausanne, Suíça, onde ficaria a exposição, tomou posição contra a marca patrocinadora do concurso em defesa da artista. Alegando se tratar de um caso de censura, o museu suspendeu a premiação e cortou relações com a Lacoste, além de garantir uma exibição somente para o projeto de Sansour, “Nation Estate”.

Em época de transformações e embates políticos, o tema dos projetos de Sansour é bastante delicado. "Nation Estate" é uma série de imagens fictícias baseadas na admissão da Palestina como membro da UNESCO. Por outro lado, é natural que os artistas sigam caminhos mais tortuosos ao mostrar a realidade sob novo ângulo. O caso mostrou que outros também pensam assim, e trabalham para que estes caminhos não se percam face aos obstáculos.

arte, censura, Larissa, palestina, Sansour © Arte do curta-metragem A Space Exodus (2009).

arte, censura, Larissa, palestina, Sansour © Larissa Sansour, Nation Estate (2012).

arte, censura, Larissa, palestina, Sansour © Larissa Sansour, Nation Estate (2012).

arte, censura, Larissa, palestina, Sansour © Larissa Sansour, Nation Estate (2012).

mauricio de boni

volta e meia é encontrado em livrarias admirando títulos e capas, e, esporadicamente, na cozinha criando coragem ao assumir experiências cada vez mais complexas (o mesmo ocorre com a escrita).
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x7
 
Site Meter