A lenda de Nefertiti, a rainha misteriosa

A vida e a morte de uma das mais importantes rainhas da História é cercada de mistérios. Confira algujmas lendas sobre uma das mulheres mais belas que já governaram o Egito.


gtfd.jpg

A rainha do Egito, Nefertiti, teve uma vida e um destino misterioso. Historiadores e estudiosos do Egito Antigo nunca conseguiram chegar a uma conclusão exata do que aconteceu com ela. Se ela sumiu ou foi assassinadas, há controvérsias. Pesquisadores acreditam que Nefertiti deixou de ser adorada e foi banida da família real por Akhenaton. Talvez porque ela não conseguiu dar-lhe um filho homem. Outra teoria afirma que o casal de soberanos foi rejeitado pelo seu povo, que considerou a adoração a Athon uma heresia.

Na tumba de Akhenaton, até hoje, apenas objetos foram encontrados — sugerindo que Nefertiti nunca foi sepultada com ele. Também não há registro oficial da rainha em nenhum outro lugar. Não se sabe se a rainha assumiu o trono após a morte do marido, antes de Tutankhamon. Há evidências de que Nefertiti morreu durante o 14.º ano do reino de Akhenaton. Algumas teorias falam sobre assassinato de sacerdotes que não concordavam com a imposição de culto a um único deus no Egito, feito pelo casal.

Apesar de Akhenaton ter tido um filho com sua concubina Kia — Tutankhamon — o sucessor nomeado por ele foi Smenkhkare. Entre os egiptólogos, alguns acreditam que ele era outro filho de Akhenaton com Kia. Outros acham que Smenkhkare era meio-irmão de Akhenaton, ou outro membro da família real. Mas foi Tutankhamon que subiu ao trono em 1333 a.C.

uiuyt.jpg

utyth.jpg

O desaparecimento repentino de Nefertiti é um mistério, e várias lendas correm ao redor do assunto. Há evidências de que naquela época qualquer memória de reis anteriores eram sistematicamente apagadas, para que o povo não retomasse nenhum habito ou tradicão do qual os próximos governantes não aprovassem. Quando o próximo rei, Tutankhamon - filho de Akhenaton com sua concubina Kia - subiu ao trono em 1333 a.C., possivelmente usou de seu poder para se livrar de qualquer memória de Akhenaton e Nefertiti.

Em 2003, uma equipe de egiptólogos da Universidade de York, acreditou ter encontrada a múmia de Nefertiti, mas logo viu-se que não se tratava da rainha e sim da irmã dela. Hoje, muitas equipes ainda buscam pela múmia de uma das mais misteriosas rainhas do Egito Antigo.

Para saber mais sobre Nefertiti acesse aqui.


rejane borges

Gosta das cores de folhas secas ao chão. E das cores das folhas velhas dos livros.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 7/s/recortes// @obvious, @obvioushp //rejane borges