Os melhores aplicativos para celulares e tablet

Independente da função, os aplicativos tornaram-se verdadeiras extensões humanas que nos auxiliam na hora de fazer a dieta, chamar um táxi ou entrar em contato com alguém. Confira agora os que se destacaram no último ano.


01_melhores_apps_2013.jpg

O ano de 2013 foi cheio de novidades no mundo tecnológico. Vimos o exército de smartphones crescer e, com eles, a cada dia surgir um novo aplicativo. Seja para entreter, chamar um táxi ou divertir as crianças, o aplicativo é um software que auxilia o usuário a desempenhar uma tarefa específica. No caso dos celulares, rodam em dispositivos móveis (tablets, leitores de livros, smartphones).

O jornal britânico The Guardian e a revista brasileira Superinteressante elegeram os melhores aplicativos do ano passado em três categorias: Lifestyle e Entretenimento, Jogos e Social.

02_easy_taxi.jpg

1. Lifestyle e Entretenimento

- Easy Taxi, 99Taxis e Taxibeat (iPhone e Android). Todos gratuitos. No último ano, três aplicativos de táxi foram popularizados. Eles utilizam ferramentas de geolocalização que conectam passageiros e motoristas de táxi, economizando o tempo de quem precisa do serviço.

- GLOW (iPhone). Gratuito. O GLOW utiliza, como seus desenvolvedores dizem, ‘mágica e ciência’ para ajudar casais que estão tentando ter filhos. Inclui gráficos, recursos de monitoramento da saúde e lembretes diários.

- BBC Sport (iPhone e Android). Gratuito. A BBC separou sua editoria esportiva, criando um aplicativo só para ela que disponibiliza matérias da internet, TV e rádio, oferecendo notícias, estatísticas e tabelas de várias modalidades esportivas, além da capacidade de ver e ouvir ao vivo.

- Bob Dylan: The Bootleg Series (iPhone, iPad). Gratuito. Bob Dylan nos surpreendeu no ano de 2013. Seu último álbum reúne faixas raras e foi acompanhado deste aplicativo. Linhas do tempo, biografias dos músicos, galeria de fotos e entrevistas em vídeo permitem que o usuário conheça as histórias por trás das músicas.

- iPlayer Radio (iPhone e Android). Gratuito. A BBC criou um aplicativo independente que permite que o usuário ouça suas estações de rádio, que incluem transmissões on-demand de shows e podcasts. Ele ainda permite que você adicione músicas a playlists de outros serviços, como o Spotify.

- Beethoven’’s 9th Symphnoy (iPhone e iPad). Gratuito. Um verdadeiro deleite para os fãs de música clássica, independentemente do seu nível de conhecimento. Este aplicativo oferece quatro gravações famosas da Nona de Beethoven e permite alternar entre elas durante a visualização da partitura, e ouvir especialistas falando sobre o trabalho e o compositor.

- Vine (iPhone, Android e Windows). Gratuito. O Vine é o aplicativo do Twitter para criar vídeos de até seis segundos. Tornou-se popular nas redes sociais, principalmente no Facebook, por viralizar vídeos divertidos. Exemplo disso é a página “Best Vines” que tem 19 milhões de curtidas no Facebook.

- Bloom.fm (iPhone e Android). Gratuito. O Bloom.fm te indica estações de rádio baseado em gêneros e artistas. Se você quiser armazenar faixas em seu smartphone, há a possibilidade de pagar uma mensalidade por 20, 200 ou quantas faixas quiser.

- Google Play Music (iPhone e Android). Gratuito. Considerado rival do Spotify, o serviço de músicas do Google transmite as estações de rádio baseado nas músicas, artistas e álbuns e na coleção de músicas que o usuário armazenou nos serviços do Google. Há a possibilidade de pagar uma taxa mensal e ter o serviço ilimitado.

- Soundwave Music Discovery (iPhone e Android). Gratuito. Perfeito para quem quer descobrir novas músicas, além de ouvir somente artistas que você já conhece. Ele rastreia o que está tocando em programas como Spotify e Rdio e lhe mostra o que seus amigos estão ouvindo.

- Explore Shakespeare (iPad). Gratuito. Criado pela Cambridge University Press, traz versões completas das peças de Shakespeare, incluindo texto, fotos, versões em áudio e recursos interativos.

- Netflix (iPhone, Android e Windows). O Netflix destacou-se não só com seu aplicativo em 2013, mas também pela produção de seriados. O Netflix conta com parcerias importantes como a DreamWorks e a Marvel.

03_candy_crush.jpg

2.Jogos

- Candy Crush Saga (iPhone e Android). Gratuito. O Candy Crush conquistou muitas pessoas, fazendo aparecer até uma teoria sobre o vício que o jogo causaria. O jogo é uma variação do Tetris, onde devemos juntar os doces e fazê-los desaparecer.

- Angry Birds Star Wars II (iPhone, iPad, Android e Windows). Gratuito. Continuação do famoso Angry Birds Star Wars mostra amor genuíno dos desenvolvedores pela saga.

- Dots: A game about connecting (iPhone, iPad e Android). Gratuito. Um jogo muito simples que consumiu muitas horas de seus usuários: ligue os pontos da mesma cor em linhas ou em “caixas”.

- Despicable Me: Minion Rush (iPhone, iPad, Android e Windows). Gratuito. 150 milhões de pessoas baixaram o jogo oficial do filme “Meu Malvado Favorito 2” (Despicable Me 2) em 2013. Um jogo que conquistou crianças e adultos.

04_tinder.jpg

3.Social

- Tinder (iPhone e Android). Gratuito. No Tinder você tem acesso a uma lista de pessoas. Após ter acesso ao perfil dos usuários, você pode dar “like” em quem gostar mais. Se o gesto for retribuído, é possível iniciar uma conversa. A intenção do aplicativo é fazer as pessoas se conhecerem melhor. A possibilidade de “descartar” alguém com quem não queira conversar, diminui a chance de conhecer pessoas que não lhe agradem.

- Lift (iPhone e Android). Gratuito. Se você está tentando atingir um objetivo, como fazer mais exercícios ou comer menos chocolate, é uma ferramenta muito útil por armazenar seu progresso e te manter na linha.

- Down/Bang with Friends (iPhone, Android). Gratuito. O Down utiliza sua lista de amigos do Facebook para indicar com qual deles você faria sexo. Se alguém corresponder sua vontade (tudo é feito anonimamente até este ponto), os dois recebem um email com uma notificação.

- Whatsapp (iPhone, Windows Phone, Blackberry, Nokia e Android). O serviço de mensagens mais popular entre os usuários, o Whatsapp utiliza sua rede Wi-Fi ou 3G para enviar mensagens. O primeiro ano é gratuito, sendo cobrada uma taxa de 0,99 dólares por ano após o teste.

- Snapchat (iPhone, Android). Gratuito. Outro serviço de mensagens instantâneas que conquistou o público. O Snapchat tem a seguinte diferença: as fotos e vídeos enviados pelo usuário são deletados depois de pouco tempo.

- Lulu (iPhone e Android). Gratuito. O polêmico Lulu agitou 2013 por permitir que as meninas dêem notas e criem hashtags para os garotos. Os homens não conseguem visualizar suas próprias notas.


Carolina Carettin

Estudante de Jornalismo. Gosta de todas as artes, porque seria injusto escolher só uma delas.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/tecnologia// @hp, @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Carolina Carettin
Site Meter