terrafugia, o carro voador

O carro-avião de hoje está apto a rodar em ruas e estradas, possui capacidade para transportar passageiro e piloto, com estrutura de aço e fibra de carbono, asas e autonomia para voar.


01_3_Terrafugia_.jpg Terrafugia.

Alguns protótipos transformaram este sonho em realidade. Veículos com asas projetadas seriam a saída para diminuir o trânsito das grandes metrópoles, ou mais um elemento para agravar o congestionamento aéreo?

Para se encaixar no conceito de "carro voador" deve-se utilizar a estrutura e função combinadas para carros e aviões, estrutura padrão de um automóvel para transitar pelas rodovias, motor e tanque para combustível, propulsores e asas, capacidade para decolar e pousar.

Foram muitas as tentativas

A Curtiss Autoplane não conseguiu alçar voo, mas era arremessado em uma espécie de salto. No entanto, esta criação de três asas de Glenn Curtiss foi a primeira tentativa de construir um carro voador. Ele foi exposto na Exposição Aeronáutica Pan-Americana em Fevereiro de 1917.

02_1_Curtiss_Autoplan_1917.jpg Curtiss Autoplan, 1917.

A ConvAirCar teve dois protótipos construídos, um corpo de carro de dois lugares, com destacáveis monoplano, asas e cauda. Motor Crosley na parte traseira, ligava o carro de 4 lugares de corpo plástico e 190 cv .O piloto de testes Reuben Snodgrass voou pela primeira vez em 15 de novembro de 1947.

A Fulton FA-2 airphibian desenvolvido por Robert Edison Fulton, Jr. , em alumínio, construído com suspensão independente, jantes de porte de aeronaves e motor com seis cilindros de 165 cv. As foram eram acopladas à fuselagem , convertendo o carro em um avião. Quatro protótipos foram construídos.Em dezembro de 1950, um protótipo foi certificado com uma especificação própria para aeronave 1A11, N74104.

04_Fulton_Airphibian_FA_3_101.jpg Fulton Airphibian FA.

Os projetos evoluíram

O TF-X, projeto conceitual para um novo tipo de veículo aéreo de uso pessoal teria a vantagem de decolar e pousar como um helicóptero. Ao funcionar como um carro, o híbrido pode utilizar motores a combustão e elétricos. Para decolar é preciso mais energia, por isso o carro utiliza o motor de combustão de hidrocarbonetos. As asas dobráveis são estendidas. As duas grandes cápsulas com os motores de cada lado do veículo são colocados na posição vertical e as hélices fornecem elevação.

Cada cápsula contém 16 motores elétricos, com a sua própria bateria. Quando é alcançada a altitude necessária, um ventilador na parte de trás produz energia para que as asas comecem a funcionar como um aerofólio convencional para proporcionar sustentação ao acelerar. A toda a velocidade, as lâminas são recolhidas e o veículo entra em modo cruzeiro. O TF-X atinge uma velocidade máxima de 322 Km/h.

03_2_Convair.jpg Convair.

Vídeos sobre carros voadores


luhana pires

arrisca-se na autoria de textos e excertos poéticos, movida por uma espécie de paixão pelas palavras.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/tecnologia// @obvious, @obvioushp //luhana pires