Onishi Yasuaki - Vertical Emptiness

Bem-vindos ao mundo de fantasia de Onishi Yasuaki. Vistam os seus casacos, calcem as luvas e entrem connosco numa floresta encantada de gelo e neve. Deixem a vossa imaginação correr solta e envolvam-se no ambiente imersivo desta instalação. Contemplem a imobilidade desta paisagem invertida e façam dela o vosso sítio especial, mesmo que apenas por um instante.


01_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.

Vertical Emptiness é a mais recente instalação de Onishi Yasuaki, um artista plástico japonês, conhecido pelas suas obras flutuantes e imateriais. Nesta obra, somos levados para um mundo encantado, para a solidão de uma floresta invertida coberta de neve e congelada num momento infinito.

Na realidade, a floresta foi antes colada num momento infinito, pois não se trata de neve, nem de gelo, como parece. Mas sim de fios de cola quente, material muito usado pelo artista, em geral na cor preta. Desta vez, Yasuaki optou pelo branco e por usar como suporte estrutural da instalação ramos de árvores despidos de folhas.

Segundo revelou em entrevista à Installation Magazzine, na cultura japonesa, retirar as folhas a uma árvore sugere um fim ou algo terminado e Yasuaki queria criar um mundo nascido de uma árvore acabada.

02_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.

No seu processo de trabalho, o artista familiariza-se primeiro com o espaço onde a instalação vai ser criada e exposta, de onde obtém a inspiração para o tipo de materiais que vai usar. Em Vertical Emptiness, que esteve exposta no Kyoto Art Center, decidiu recorrer a materiais orgânicos e curvilíneos, intervindo ao se sobrepor a esta estrutura natural. Para isso, selecionou, como vimos, ramos de árvores, retirando delicadamente todas as suas folhas e criando uma composição suspensa com os ramos invertidos. Posteriormente usou uma pistola de cola quente, fazendo a cola cair em centenas e centenas de finos fios sobre os ramos, unindo o tecto e o chão da galeria nesta densa rede. Utilizou depois um spray de ureia líquida para criar o efeito de cristais de gelo nos fios de cola, dando-lhes mais corpo. Conheçam em detalhe o processo de criação de Vertical Emptiness e vejam a obra como se estivesse mesmo à vossa frente, no vídeo de Kuroyanagi Takashi.

No vídeo, Yasuaki afirma que não cria peças elaboradas, imagine-se. Diz ele que se limita a aplicar um tratamento a formas pré-existentes e a extrair informação a partir delas. Elaboradas ou não, as suas obras são capazes de nos conduzir ao mundo da imaginação, transmitem calma e fazem-nos pasmar diante da beleza e da quietude dos cenários. Vejam mais obras do artista no site de Onishi Yasuaki.

03_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.

04_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.

05_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.

06_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.

07_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.

08_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.

09_Onishi_Yasuaki.jpg © Onishi Yasuaki.


Inês Petiz

Inês Petiz é artista. E não poderia ser nenhuma outra coisa.
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/artes e ideias// @hp, @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Inês Petiz