arquitetura é vida

A vida é arquitetura e a arquitetura é vida

Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e nas reflexões da vida os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo uma melhor arquitetura, com enfoque no viver, avistando a beleza, a bondade e a verdade

Hoje eu queria ver o mar, amar

A inspiração do mar, o amor e amar.


Tem dias que você se encontra inspirado e tem dias que não, mas uma coisa é certa o amor inspira a amar.

Observando um dia, sem pretensões nenhuma eu vi o amor e foi tão bonito e tão sincero, dentro de uma comunicação de olhares e de toques na alma que nunca antes havia avistado. Foi um privilégio poder estar ali, naquele mesmo lugar onde as almas se encontravam em um sorriso e no brilho dos olhos, nas gentilezas e nos sons que saiam de seus corações.

Se você buscar o encantamento de uma estrofe tão singela da vida, como essa, com certeza encontrará a simplicidade que esse pequeno (mas tão grande) sentimento impera.

8979754_r37uj.jpeg

Amar é como fazer uma melodia e todos os dias melhorar cada ponto que existe nela só para vê-la brilhar mais e mais, enxergando as vozes incorporadas dentro de um breve espaço que nem sempre possui tempo e espaço, visto que é algo único e pessoal.

Quando avistamos as belezas dentro das cores dos sons ou palavras é possível sentir algo que antes não existia e tudo tem um brilho novo e reflexos próprios.

É como avistar o mar, esse o causador de tantas reflexões do amar nos corações de poetas que com suas ondas provoca os sentidos e aguça a visão, acalma e te chama para mergulhar e de repente vira um turbilhão e te leva na sua corrente. Nem sempre é fácil se desvencilhar dos sonetos que as águas provocam, mas o momento que as ondas te soltam, você se torna mais forte e deliberadamente mais astuto.

tumblr_lgqdxl7fXw1qeeneuo1_400.jpg

A música das águas salgadas manifestam o amor, como uma arte que introduz nos recônditos mais infinitos de cada um expressões e gentilezas que antes jamais alguém havia imaginado, dando um sabor natural a vida, temperando os momentos.

Mas no fim as ondas são diferentes e o amor é um só e o que te basta é saber por qual caminho se deixará conduzir, porque afinal amar é território de marinheiros corajosos e hoje eu só queria mesmo era ver o mar, amar.


Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e nas reflexões da vida os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo uma melhor arquitetura, com enfoque no viver, avistando a beleza, a bondade e a verdade .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @obvious //Maria Eneida