arquitetura é vida

A vida é arquitetura e a arquitetura é vida

Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e nas reflexões da vida os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo uma melhor arquitetura, com enfoque no viver, avistando a beleza, a bondade e a verdade

Arte, amor à humanidade

Arte, uma ode a humanidade em busca do mais profundo do seu ser.


Dizem que a alma de um artista é algo indecifrável, algo misterioso e algo que somente ele sente. Na verdade, isso também é verdade. Mas outros ainda falam que para ser um artista, não se aprende, se nasce. Outra afirmativa constante.

Mas, como se gera uma expectativa de um ser humano que tem a criatividade latente dentro de si, se o mundo pede que muitas vezes não se mostre aquilo que se sonha, não se escreva aquilo que sente ou não demonstre aquilo que se deve compartilhar?

O engraçado é que todas as pessoas torneadas por essa sociedade, não se vêem saciadas dentro da racionalidade de esconder seus mais remotos sentimentos e se atiram muitas vezes nos braços dos artistas, de suas letras, de suas formas, de suas cores, de seus acordes e de seus sentimentos mais profundos.

Isso explica o recorde de venda de livros que falam de amor, ou canções que mostram a vida interna, as obras que são expostas nos museus ou nas categóricas demonstrações dos mais remotos sentimentos. Assim aqueles que estão nas artes foram criados para dar esse novo respiro.

La ciencia del arte 1 #661154498.jpg

Como escritores, que somos muitos no mundo, sonhadores por essência, colecionadores de dores e amores, críticos da verdade, apreciadores da beleza e amigos da esperança, não podemos admitir que a somente a razão impere. Seria como plantar mil rosas em um jardim e quando elas começassem a florescer fossem cortadas, melhor dizendo, arrancadas de suas raízes mais questionadores e trazidas a tona, com um ar de folhagem pré-determinada e adubada da forma que alguém, roboticamente gostaria de fazer.

Acredito que os melhores textos ou nascem de uma profunda dor, ou de denso conhecimento e ainda no mais remoto de todos na casualidade do amor. E o artista, contador de histórias, esse ser que se vê dentro de uma sociedade que o atravessa sem valores fica na espreita de quando pode jogar suas sementes.

Na escrita, onde delibero essas sensações artísticas, não deixo de entender o dever de ser alguém que leve algo na vida para outros, para que a vida seja mais leve, mas sendo alguém que também é atribuído de reciprocidade nesse caminho. Escrever é próprio de quem sonha, não importando se os sonhos são irreais para muitos ou alvo de críticas para tolos, como também o compor, ou ser artesão da vida, dando as cores necessárias em pinturas e esculturas. Sem isso a vida não seria suportável.

Grafite-é-Arte0.jpg

Chega da mediocridade de sermos somente uma parte de uma sociedade induzida ao fazer, e que sim sejamos aquela que seja induzida a sonhar e a demonstrar quem somos.

A arte conquista fronteiras que nenhuma tecnologia muitas vezes é capaz de chegar, e para isso eu sonho, com mais artistas se encontrando nesse mundo.

E no fim, a arte é nada mais do que o profundo amor para com a humanidade.


Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e nas reflexões da vida os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo uma melhor arquitetura, com enfoque no viver, avistando a beleza, a bondade e a verdade .
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/recortes// @obvious //Maria Eneida