arquitetura é vida

A vida é arquitetura e a arquitetura é vida

Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e nas reflexões da vida os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo uma melhor arquitetura, com enfoque no viver, avistando a beleza, a bondade e a verdade

As derradeiras curvas da vida

Apesar dos caminhos retilíneos, as curvas precisam ser as lembranças de vida.


Hora do almoço, me pego sentada em uma pequena mesa em uma sombra de verão e em cada esquina eu vejo um olhar, e os carros passando em curva transformando a paisagem antes notoriamente esquecida em algo novo e diferente.

As lembranças vão e vem, em pensamentos oscilantes e desenfreados, e levemente pouso uma pequena xícara de café sobre a toalha tão bonita quanto o céu está e vou divagando sobre a vida e as suas rotinas loucas e maçantes e começo a pensar em caminhos, estradas e curvas.

As curvas nos lembram aqueles momentos bons da vida, que dão um frio na barriga inebriante, como a primeira vez que se subiu em um palco, se falou em público ou se apresentou a quem os olhos brilharam.

2899465547_5b2a6932d4_large.jpg

Ainda as curvas lembram aqueles dias tempestuosos e que no fim se ajeitam como em estrada retilínea chegando a um mesmo lugar onde a vida é plena e reconfortante, como os braços de quem nos pega no colo e nos ama incondicionalmente.

E levemente volto a olhar e vejo os carros virando em compasso natural e percebo que em muitos momentos a vida foi assim, repleta de viradas em compassos de mudanças e percepções, de novas belezas, de velhas tristezas, de voltas e recomeços ou de novas explorações da alma.

Fecho os olhos e começo a lembrar dos dias das boas curvas e das coisas que dão sabor a uma vida que segue retilínea, própria de quem vive, mas que começam em cores de alvorada e se desmancham em como seu dia acabará, podendo reter um negrume de pétalas caídas por amores perdidos, ou de noites iluminadas por escolhas verdadeiras e olhares cintilantes.

E de repente me pego pensando na vida novamente, mas o tempo acabou e volto sonhando com as curvas inebriantes da vida, sonhando com as cores e os amores, sonhando com os lugares e as almas e vivendo cada momento como único, mesmo pela estrada retilínea do viver.

tumblr_lfwivjOYAq1qfkznno1_500.jpg


Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e nas reflexões da vida os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo uma melhor arquitetura, com enfoque no viver, avistando a beleza, a bondade e a verdade .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @obvious //Maria Eneida