arquitetura é vida

A vida é arquitetura e a arquitetura é vida

Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e escrita, ou nas reflexões da vida, os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo assim recortes escritos, sendo eles na construção do ser (o arquiteto de si) ou na tradução do olhar da vida, escrevendo assim, com enfoque no viver com a beleza, a bondade e a verdade.

As Razões de Mudar - Detox da Alma


Tem dias que você levanta com um grilo na cabeça, que fica gritando, esperneando e te deixa o dia todo como se fosse para você ficar somente em casa, sem ver ninguém, sem olhar pro lado, sem viver.

Mas você resolveu levantar e se levantou e o grilo continuou a te importunar chegando ao ponto de mudar.

Você olha para os lados, tem um espelho e seus olhos estão fundos, os cabelos jogados de qualquer jeito e ao redor está como a sua vida tem se mostrado, uma bagunça completa de coisas entulhadas num passado que não voltará mais.

E chega o momento de mudar. Mas a mudança insiste em ser preguiça e de lado as coisas vão andando, vão sendo deixadas pelo caminho, vão empoeirando.

Os sapatos estão jogados em qualquer canto, as roupas espalhadas, os livros amarelados e as folhas, rascunhos de uma história, jogadas ao chão para serem pisadas.

E ai? A mudança vai chegar? Você está deixando ela chegar?

Chega a hora de descartar, de limpar, de mudar, de literalmente jogar fora. O que você fará?

campo1.jpg

E você olha novamente o espelho. Os olhos fundos já estão marejados. E ao redor, pedaços da sua vida.

Algo te empurra, e a raiva toma seu corpo. Você chora, mas você muda. Pega todas as roupas jogadas e as manda embora. Concentra todas as fotos, as cartas, os sapatos velhos, as folhas atiradas e as enfia dentro de uma bolsa de transformação.

Você entende que não quer mais carregar as mesmas coisas, as mesmas pessoas e da mesma forma que elas passaram, pra você irão sendo excluídas pouco a pouco, porque o que é novo precisa de espaço para se alojar. As dores não voltarão a machucar. As pessoas não serão as mesmas e você não vai criar espaço para o que já há muito precisava ir.

E as luzes clareiam melhor seu rosto agora, o espelho reflete quem ai estava, demoradamente esperando surgir, esperando renascer.

Você começa então a entender que se importar depende muito do que e de quem e não gasta sua energia com quem não procura estar de verdade com você, porque no fim consegue entender que quem realmente importa é você e além disso somente quem tiver a coragem de entrar disposto também a recomeçar.

E o rosto já tem um brilho novo. A vida recomeçou.


Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e escrita, ou nas reflexões da vida, os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo assim recortes escritos, sendo eles na construção do ser (o arquiteto de si) ou na tradução do olhar da vida, escrevendo assim, com enfoque no viver com a beleza, a bondade e a verdade. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// //Maria Eneida