arquitetura é vida

A vida é arquitetura e a arquitetura é vida

Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e escrita, ou nas reflexões da vida, os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo assim recortes escritos, sendo eles na construção do ser (o arquiteto de si) ou na tradução do olhar da vida, escrevendo assim, com enfoque no viver com a beleza, a bondade e a verdade.

A essência do viver

A vida é formada de nuances de essência pontual, corriqueira e como o vento em constante liberdade.


O que seria a essência da vida?

Será que está nos carros, nas casas, nos diplomas vários.

Já diziam os poetas que essencial mesmo é viver, mas como viver não sabendo muitas vezes o que é essencial. Como saber o jeito certo de viver. Como ser. Como?

Das pequenas formas de encontros e vivências cada um é impelido em seguir o caminho. Segue-se a estrada mas muitas vezes não se entende a direção.

As vezes o amor passa por nós e nem damos o valor certo para ele, as vezes ele vem simples sem causar alardes e sem pronunciar aos quatro cantos do mundo sua presença. É necessário acostumar o olhar.

Por muitas vezes a vida vem e diz que o tempo passa, e as lembranças são somente instrumentos para o crescimento individual e que cada segundo que se passa já virou história e nada nessa vida pode ser tão transformador quanto a necessidade de viver cada dia de forma mais completa.

Minha-Essência-Thiago-Brado.jpg

Em outras ocasiões aparece a alegria e o aconchego com a qual não se sabe lidar porque o mundo está frio e calculista ao ponto de tornar as relações humanas algoritmos programáveis.

A tristeza também de vez em quando aparece para lembrar que cada um é feito de carne e osso, e a solidão sua companheira por vezes aterrissa no meio dessa turbulência.

E o sopro de cada minuto gesticula na lembrança de que somos mais e somos feitos para cada momento sermos mais.

A essencial da vida não pode ser mensurado em uma única coisa, mas em um conjunto de pequenas dores e alegrias, prazeres e aconchegos.

O essencial é feito de momentos. O essencial não se pode tocar. O essencial é liberto. O essencial é um, no meio de tudo e a cada essência descobre-se a então quintessência de se viver.


Maria Eneida

Arquiteta e Urbanista, mas que busca nas artes e escrita, ou nas reflexões da vida, os conceitos para ser cada dia melhor, produzindo assim recortes escritos, sendo eles na construção do ser (o arquiteto de si) ou na tradução do olhar da vida, escrevendo assim, com enfoque no viver com a beleza, a bondade e a verdade. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Maria Eneida