Carolina Saula

I really don't know what kind of girl I am

Ateísmo e o vazio existencial

Um segundo olhar sobre o ateísmo e como os adeptos colocam-se perante o mundo


as_maos_a_cruz_e_o_rosario.jpg

Quando alguém se reconhece ateu? As missas mal frequentadas com a família não fazem mais sentido, as brincadeiras com as coleguinhas da catequese durante a reza escondem a descrença, ainda que desconhecida, no sermão ouvido e na história contada.

Assumir alguma coisa é sempre complicado: o medo, a negação, a incerteza, a espera por reprovação. Então esconde-se o crime, nutre-se o não-sentimento, o ceticismo não como doutrina, mas como parte do próprio ser. Princípio enraizado. Leva tempo para perceber que a fé é um dom, um privilégio de que outros têm deficiência. Apoia-se no conforto de saber o que há por vir, no alguém invisível que nos ama mesmo que o mundo diga não. Que para tudo há um recomeço e uma mão estendida na luz no final do túnel. Já descrer é um ato solitário. É sentir-se alheio ao resto, desejar a felicidade do ignorante para que se possa pregar os olhos.

Há um lado bom, sem dúvidas. Um senso crítico apurado. Por natureza buscamos informação para discernir o que é justo e correto, porém mais frequentemente deparamo-nos com a pior face do homem. O conhecimento da religião entrelaça-se com a evolução e o meio corrompido, e é assustador concluir que estamos fadados à autodestruição e que o mal é onipresente. Em carne e osso.

Lado a lado, a pessoa que crê tem algo a que se apegar, enquanto o alguém desprovido de fé pode fazer a única e mais inteligente coisa a seu alcance: melhorar o hoje. Fazer o possível para que sua breve existência não seja desperdiçada. Por mais que esteja ciente de que não há uma segunda chance, acredita que na vida se colhe o que se planta.

hand-holding-carved-cross-over-black.jpg O conceito de ateu virtuoso refere-se à pessoa sem religião mas que é boa, considerando as doutrinas cristãs. Afinal não é porque alguém não acredita em deus que ela tenha que ir ao inferno – caso ele existisse.

É possível ter compaixão, bondade e demais virtudes sem sermos doutrinado a tal coisa. Ao contrário do que a maioria pensa, nem todos os ateus são adoradores do sete peles.

Dois pesos, duas medidas. O preço do saber é, na verdade, um caminho sem respostas, um vazio que infesta o espírito mas que aguça a visão. Cabe a nós refletir se o preço é justo, considerando é claro, que não estejamos errados. Afinal a vida seria muito mais fácil se vivêssemos de fábulas.


Carolina Saula

I really don't know what kind of girl I am.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/sociedade// @obvious //Carolina Saula