asas e segredos...

Porque o segredo é dar asas à criatividade!

Lucifrance Carvalhar

Escritora, sonhadora, amante da arte, literatura e da vida! Psicóloga, formada em Letras e Pedagogia e autora dos livros "Quando eu voltar a ser adolescente" e "Festa de Quinze Anos". Escreve poemas, contos e crônicas!

Não há mentiras que durem a vida inteira, a verdade sempre prevalecerá!

Como tudo pôde desabar na sua cabeça, se você estava vivendo de modo tão organizado? Por que o universo foi tão cruel? O que fazer diante de uma terrível tempestade? Como encarar a verdade após ter vivido por tantos anos em mentiras?


Rio correnteza.jpg Você está ali vivendo o seu sonho, afinal você batalhou tanto por ele e pensa que merece vivê-lo, não é mesmo?

No entanto, um dia tudo desaba, você é obrigada a acordar e percebe que era apenas um sonho, uma ilusão, uma fantasia e o que você estava vivendo era uma grande mentira.

Você fica magoada, sente-se traída...

Como o universo pôde fazer isso com você?

Tudo que estava organizado, certinho e no seu controle deixa de existir!

E os seus planos como ficarão? Você não pode e não quer abandoná-los!!!

Só que você agora está afundando, se afogando e só lhe resta nadar, nadar e nadar para sair dessa imensa correnteza!

Para onde você está indo?

Por que essa tempestade aconteceu? E justamente com você?

A angústia é enorme! Você não consegue ver a margem do rio e a correnteza cada vez mais lhe puxa para baixo, leva-lhe para o desconhecido, exigindo que você tenha fôlego e busque uma saída. Mas que saída? Você está vivendo literalmente um pesadelo, seu lindo sonho deixou de existir e a realidade é cruel!

Mais uma vez a vida mostra para você que não dá para viver no mundo da fantasia e você é atirada do seu luxuoso castelo e conto de fadas!

Você tenta se convencer de que foi o melhor, mas seu inconsciente sabe que viver o sonho estava mais prazeroso e mais cômodo!

O coração dói, a alma sangra, você quer voltar, porém sabe que é impossível, porque as mentiras e enganações ali vividas no castelo foram ácidas e não dá para apagar o que foi feito.

Só resta a você recomeçar, mas para isso você tem que nadar muito até alcançar o outro lado!

Sua vida está toda desorganizada, seus desejos agora devem ser outros, uma nova rotina deverá ser feita! Tudo o que você fez desmoronou! A vida pede que você comece e faça um novo fim!

Você não está sozinha! No entanto tem que aprender a nadar, respirar com leveza, porque neste momento a vida está lhe testando e você tem que provar que sabe fazer isto por você mesma!

Infelizmente, o universo não nos deixa viver nas mentiras! Tudo um dia aparece e é descoberto! Não há como viver na enganação, na ilusão!

Tudo acaba sendo descoberto e mesmo estando sofrendo, ninguém nos deixa permanecer e viver uma mentira para sempre!

Não importa quantas lágrimas derramaremos por termos sido enganados, o universo só quer o nosso bem!

Todos um dia inevitavelmente pagarão por seus atos! Ninguém está livre da colheita! Ela pertence a cada um de nós!

Sonhos são benéficos, porém fechar os olhos para tudo o que está ao nosso redor com medo da realidade e do futuro é cruel, e mesmo que façamos isso, um dia o universo revela a verdade, apesar de ir contra a nossa vontade!

Podemos ter ganhos secundários ao viver na mentira, em nos recusarmos acordar, mas eles não durarão eternamente!

As verdades reveladas são doloridas, não há como escapar delas, mas viver na enganação é muito mais trágico, porque o tempo passa e um dia nos daremos conta do quanto fomos tolos por termos vivido no escuro, termos fechado os nossos olhos para tudo o que estava tão claro, tão nítido!

De fato, é muito triste acordar de uma ilusão, não queremos nos desiludir, afinal é tão bom viver no comodismo, não é mesmo?

Entretanto, quando a vida nos chama, não há como recuar, retroceder, não dá para voltar para aquele ponto e desfazer o que foi feito! A nossa única saída é nadar, dar braçadas e seguir a correnteza para alcançar o outro lado, seguindo em frente!

A vida nos cobra posições, pede atitudes, quer que sejamos felizes e lutemos pela nossa felicidade dentro dos caminhos da verdade, por mais que ela sangre dentro do nosso coração e da nossa alma!

Como disse Chico Xavier, nós não podemos voltar atrás e fazer um novo começo, mas podemos recomeçar e fazer um novo fim!

Por isso, a verdade por mais dura que seja sempre prevalecerá, mesmo que custe alguns meses de sofrimento, porque o choro pode durar noites inteiras, mas o nosso aprendizado será para a eternidade!


Lucifrance Carvalhar

Escritora, sonhadora, amante da arte, literatura e da vida! Psicóloga, formada em Letras e Pedagogia e autora dos livros "Quando eu voltar a ser adolescente" e "Festa de Quinze Anos". Escreve poemas, contos e crônicas!.
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/recortes// @obvious //Lucifrance Carvalhar
Site Meter