blog felipe pedrosa

Tudo Quanto É Assunto!

Felipe Pedrosa

Felipe Pedrosa, ou simplesmente Pedrosa, é jornalista por formação, pós-graduado em jornalismo cinematográfico por opção, aficionado por música, cinema, televisão e literatura, e bastante curioso.

Desped(ida)

Na vida, às vezes, é preciso expulsar toda e qualquer dor, limpando os armários e virando a esquina sem olhar para trás.


Pegue as suas coisas e vá embora. O lugar onde permaneceu por tantos anos já não lhe cabe mais. Leve, destes dias tão difíceis, apenas as minhas lágrimas, que você não tinha o direito de ressuscitá-las.

Esvazie o meu armário interior, lembrando que a promessa de enchê-lo — após tanto tempo faminto — foi sua. Porém, faltou alimento, faltou afago, faltou cuidado, faltou vontade de evoluir, faltou respeito com a ânsia de lhe devorar.

Para carregar o que restou, várias mãos vão lhe ajudar. Mas, quando foi para cozinhar doces sonhos, nem mãos, nem receitas, nem boas dicas de como agir. É de se entender, pois as interferências vieram de quem nunca comeu um quilo de sal à dois.

Antes de sair, jogue a despenada flor no lixo. Ela chegou aqui machucada, após um processo de cicatrização de antigas feridas, na qual você nunca se importou. E a planta, apesar de enraizada, não resistiu a mesma falta de zelo, de entrega e de carinho de outros tempos.

Peço para que não esqueça o espelho. Ele servirá, mais cedo ou mais tarde, para refletir a imagem distorcida que você tem dos dias que foram vividos. E, quem sabe, ele mostre que o que faltava em mim, na realidade, inexiste em ti.

Vá sem olhar para trás. Pois já virei a esquina, que você diz ter me encontrado. Na verdade, nunca houve esquina. O meu caminho era outro, mas tu mudou a rota e veio ao meu encontro com a promessa de andar de mãos dadas, com um sentimento de arrependimento pelo que foi feito no passado e com a certeza de um amor que ultrapassou as fronteiras da razão. Só que, assim que a trilha ficou estreita, você correu para qualquer holofote oriental.

Enquanto você, que não anda só, provoca-me, sigo organizando a bagunça que foi feita em meu peito. A busca pelo equilíbrio, nestes dias cinzas, é a minha prioridade. E não tem macumba que vá me amarrar a você!

Dor, pegue as suas coisas e vá embora. Você nunca deveria ter sido ressuscitada!

ID-100362831.jpg


Felipe Pedrosa

Felipe Pedrosa, ou simplesmente Pedrosa, é jornalista por formação, pós-graduado em jornalismo cinematográfico por opção, aficionado por música, cinema, televisão e literatura, e bastante curioso..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Felipe Pedrosa