blog felipe pedrosa

Tudo Quanto É Assunto!

Felipe Pedrosa

Felipe Pedrosa, ou simplesmente Pedrosa, é jornalista por formação, pós-graduado em jornalismo cinematográfico por opção, aficionado por música, cinema, televisão e literatura, e bastante curioso.

Firma o toco!

Não pense que há tempo para chorar, pois a vida, quando está embrulhada, exige força do caboclo para continuar de pé


Quente, seco e árido. Características básicas do Grande Sertão dos dias. Tempos em que, como bem definiu Guimarães Rosa, é preciso ter uma baita coragem para seguir feliz nos momentos de tristeza. E não pense que há tempo para chorar, pois a vida, quando está embrulhada, exige força do caboclo para continuar de pé.

O caminho é longo, tanto para destituir a presidente quanto para militar contra um golpe de estado. E, por mais que os pés calejados e o coração ferido queiram descansar em uma rede ou embaixo de uma saia rodada, é preciso correr atrás do gás, colocar feijão na panela, pagar o aluguel que está vencido e descobrir novas possibilidades em tempos de crise: financeira, política, existencial.

Firma o toco!

É quente a provocação! O sangue, sujeito que corre da briga que nem o diabo da cruz, esquenta tanto que chega a ficar coalhado dentro da própria veia. Impede até os mais sábios de pensar e articular. Quando se vê, o que foi dito já queimou os documentos que lhe davam alguma identidade. Isso quando as boas lembranças não evaporam com o calor do momento. Momento que, depois que passou, não volta mais!

Firma o toco!

Corre ali, resolve aqui, desembola acolá! Não houve tempo de chorar tampouco lamentar. Teve tanta coragem, a mesma coragem que o fez comer pão molhado durante vários períodos de resseção, que, quando a saudade bateu, as lágrimas e salivas já haviam secado. Provou para o exército inteiro que podia vencer essa batalha sozinho.

Firma o toco!

No Grande Sertão dos dias não há muitas flores. Encontra uma palma pelo caminho, vê uma bromélia escondida entre os espinhos — até iludi-se com um lírio no meio do deserto —, mas segue sem um jardim para regar, arar, ver crescer as sementes que plantou. E, de tanto transitar em baixo de um sol escaldante, tomando alguns tragos de cachaça para encorajar, tropeça naquela árvore que foi brutalmente separada, como o filho que foi embora sem um abraço de despedida, e vê que após meses, apesar do golpe baixo que levou, ela voltou a florescer. Firma o toco, a felicidade voltará a germinar!

Foto Felipe Pedrosa 12493813_209570046051387_4042914143334795488_o.jpg


Felipe Pedrosa

Felipe Pedrosa, ou simplesmente Pedrosa, é jornalista por formação, pós-graduado em jornalismo cinematográfico por opção, aficionado por música, cinema, televisão e literatura, e bastante curioso..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @obvious //Felipe Pedrosa