brincando com letras

Sobre ver o mundo com um pouco mais de poesia

Ellen Pederçane

Fotógrafa que largou o escritório(e a Arquivologia) para se encontrar. Amo o amor e tudo que ele me traz. Tenho um coração meio nômade, com espaço pro mundo inteiro. Sonho despretensiosamente que minha brincadeira com as letras alcance corações por aí. Respiro para não pirar, medito para melhor sorrir.

  • DSC_8774.jpg
    Ode ao diálogo

    Um bom papo é imprescindível. Um bom papo é prazeroso. Um bom papo é uma das formas mais gostosas de compartilhar a vida com outrem. E o que aconteceu para que os diálogos tenham se tornado tão vazios e superficiais? Será que ainda é possível se aprofundar em tempos de relacionamentos rasos?

  • DSC_5944_2.JPG
    Das melhores escolhas: amigos

    Amigo é coisa para se guardar
    No lado esquerdo do peito,
    mesmo que o tempo e a distância, digam não,
    mesmo esquecendo a canção.
    O que importa é ouvir a voz que vem do coração.

    Canção da América - Milton Nascimento

  • Thumbnail image for DSC_8094_.JPG
    Tempo de passagem

    Dezembro é o mês da reflexão, mês do desejo de mudar, desejo ansioso pelo ano que está por vir! É tempo de promessa, de renovação, de esperar do ano que se aproxima que ele será melhor do que aquele que está no fim. Será que nós estamos melhores para ano que vai chegar?

  • DSC_5444P&B_corte.jpg
    Amores Incertos

    O amor é uma dança onde nunca sabemos quando vamos começar a dançar. Os pés também não sabem até quando vão rodar no baile da vida. Uns são certos, outros incertos...mas o que vale é vivê-los em plenitude. E a dança segue sempre, pois amantes jamais deixam de amar.

  • DSC_6506.JPG
    Devaneio sobre o que não foi

    Não foi uma história triste
    Nem foi tão feliz assim
    Não foi sequer história
    Se acabou sem ter um fim
    Não foi um arder louco de paixão
    Nem foi aquele amor que faz mal ao coração

    (O que tinha de ser - Tó Brandileone)

  • imagem_da propria.jpg
    Feridas de um mundo moderno

    Tempos difíceis. Tempos de um amor liquido, como já diz Bauman. Tempos onde as mudanças precisam ser mais profundas. E precisamos encarar a dor que vemos nas notícias, nas decisões políticas, nas guerras e sangue derramado entre povos. E não sabemos como chegamos aqui e menos ainda como sair. Até onde aguentamos tais feridas?

  • DSC_6457.jpg
    Carta extraviada ao irmão que se foi

    Uma resposta. Uma carta que ficou pelo caminho e não vai chegar. Alguém que teve que ir mesmo que não fosse sua vontade primeira. A vida tem dessas escolhas difíceis que transbordam em saudade. Obrigada por ter sido um grande irmão o tempo que pudeste.

  • 17810595723_83ac2c8544_k.jpg
    Quando o amor não vem

    O amor não tem hora marcada pra chegar, todos sabemos. Pra uns ele chega cedo, pra outros demora mais e tantos de nós no fundo ansiamos por sua chegada. E o que fazer ao esperá-lo? O que não falta é vida pra viver...

  • walterfirmo.jpg
    Fotografia Documental: A arte de um olhar atento

    A fotografia documental é investigativa, de olhar atencioso e comprometido com a história que espera para ser contada através do registro fotográfico. É um trabalho geralmente repleto de uma poesia e delicadeza. O quanto de uma alma você pode saber em uma imagem? Este gênero fotográfico te entrega alma, histórias, vidas despidas perante as câmeras.

  • tumblr_min1wyxrrV1r9jlito3_500.gif
    Além do Condado

    As aventuras fantásticas que encontramos em livros e filmes também carregam conteúdo a ser visto com mais atenção. E na linda trilogia “O Senhor dos Anéis” não é diferente. Entre tantos símbolos, Frodo é uma personagem que nos instiga com sua história. Ele disse sim a uma situação completamente inusitada e esse sim muito o transformou. O quanto podemos mudar em uma aventura?

  • DSC_4190.JPG
    Os ciclos indomáveis da vida

    E sim sobre cada momento
    Sorriso a se compartilhar
    Também não é sobre correr
    Contra o tempo pra ter sempre mais
    Porque quando menos se espera
    A vida já ficou pra trás

    Trem-Bala - Ana Viela

  • depressing.jpg
    Friends e suas protagonistas empoderadas

    Friends é um seriado que ainda é o queridinho de muitos mesmo após 12 anos do seu fim. E suas histórias e piadas continuam bem pertinentes. A importância da história das três mulheres protagonistas é indiscutível, mulheres no controle da própria história.

  • DSC_2565.JPG
    Ensaio sobre o desapego

    O desapego ganha papel de vilão quando não o tem. Desapego não é desdém, muito pelo contrário ele pode ser uma baita prova de amor, afinal deixar ir não é para todos. Já diz a linda canção:

    Qualquer coisa que faça eu pensar que você está bem,
    Ou deitada nos braços de um outro qualquer
    Que é melhor do que sofrer
    De saudade de mim como eu to de você
    Pode crer,
    Que essa dor eu não quero pra ninguém no mundo,
    Imagina só, pra você.
    (Pra você dar o nome – Tó Brandileone)

  • DSC_7770.JPG
    Solidão assistida

    A tecnologia tem inúmeros benefícios. Porém, ela tem o mesmo poder de nos unir e nos separar. Assim como um aplicativo de conversas pode deixar próximas pessoas a quilômetros de distância, o mesmo também pode distanciar quem está logo ali ao nosso lado. A conexão full time desconectou muita gente tanto de si, quanto de quem importa. Até que ponto a tecnologia tem sido menos amiga nossa do que deveria?

  • livro.jpg
    Nietzsche e nossas lágrimas

    “Amamos mais o desejo do que o ser desejado!” diz Nietzsche à Breuer.
    Um livro com tantas questões. Dilemas cheios de sensibilidade pura. Problemas meus, seus, nossos. Desta forma a leitura de “Quando Nietzsche chorou” se faz tão única: Nietzsche é tão humano quanto nós, suas lágrimas são nossas e isso faz desse romance um presente pra quem gosta de desafiar a si mesmo.

Site Meter