café inverno há coisas ocultas em nós

Temas que nos modificam, apenas um café

Priscila D. de Paula

O silêncio em meu caos, implora por um berro, que ultrapasse minha alma, cansada, e liberte meus firmes passos.

Quando o temor da morte faz da vida a unica opção

Quero continuar louca, vivendo minha vida da maneira que eu sonho, e não da maneira que os outros desejam
"Veronika decide morrer"


Veronika decide Morrer, de Paulo coelho retrata bem os parâmetros entre a vida que em sua incerteza é certa, e a certeza da morte. Melhor que o melhor livro de auto ajuda, este contém trechos unicos que transporta o leitor a vida da protagonista, uma vida barata,sucumbida pela juventude que almeja o suicídio, os jovens gostam de pintar a morte, dela fazem musicas e distorcem a realidade, é um momento difícil,muitas mudanças, o primeiro amor avassalador, experiencias alucinógenas, incertezas, duvidas e a vontade de findar com a vida. Retrata a beleza em redescobrir o viver,o amanhecer,as crianças que correm pelos coretos, redescobre a intensidade de estar vivo, quando uma doença grave a porta bater, começa a contar os dias os instantes saudaveis, o desejo de suicidio se transforma em orações por um minuto a mais. Um coração doente, em alguém que pensava não ter um coração pulsante, como doi! Através de um coração adoentado, descobre se a paixão, em meio aos loucos e as sessões de psicanalises, um jogo que transporta para o universo a ideia de vida, de familiar, de poder dançar e correr, correr e ser feliz... Uma literatura fictícia,mas empolgante e bastante adequada aos que inssitem em desistir de suas vidas sofridas.


version 1/s/literatura// //Priscila D. de Paula