café pósmoderno

Literatura, sociedade, psicologia e política.

Marcio Sales Saraiva

Marcio Sales Saraiva é escrevinhador. Autor de “O pastor do diabo” (Metanoia, 2017) e organizador da antologia “16 contos insólitos” (Mundo Contemporâneo Edições, 2018), prepara-se para lançar este ano o seu “Engenho de Dentro e outros contos de aprendiz”.

A SOMBRA QUE EM MIM HABITA

Não adianta fugir do mundo sem aprender a lidar com seus próprios conflitos internos. A Sombra sempre emerge quando mais tentamos recalcá-la seus supostos conteúdos indesejáveis. A chave é integração, diálogo, equação interna.


demonios internos.jpg

Estava vivendo uma semana de grande paz. Distante de notícias tenebrosas neguei-me a ler coisas sobre política. Leituras? Somente de boas coisas, alto astral, “livros do bem”. Meditava mais e afastei-me de tudo aquilo que me agitava ou que me aborrecia. “Não me falem de Bolsonaro, Witzel ou Crivella”, dizia aos mais chegados. Fiquei bem, fiquei zen.

Na sexta-feira passada explodi. Catia negou-se a concordar comigo que uma pizza doce cairia bem em nossos estômagos. Absurdo! Fui dormir. Não consegui. A cama queimava. Meu ódio também. Recorri às bolinhas poderosas. Demorou, mas me acalmei. Mergulhei em sono pesado e no dia seguinte estava lento como bicho preguiça.

Passei um sábado palerma e pensava que tamponar as questões em nada as resolve. O problema não está somente no mundo em que vivo, mas dentro de mim. Os demônios que habitam minha Sombra não irão desaparecer simplesmente porque passei a caminhar de olhos fechados. É infantil demais essa estratégia.

Retomei a vida normal. Liguei o RJTV, o “Bom dia Brasil”, continuei a leitura de Ana Paula Maia (“De homens e gados”) e voltei a encarar conversas e assuntos que eu sei que irão me trazer incômodos. A vida como ela é.

Ganho com tudo isso mais consciência do quanto é importante estar atento ao meu mundo interno e suas neuróticas projeções. Os “monstrinhos” estão lá dentro e saber dialogar com eles é mais sábio do que tentar negá-los ou recalcá-los. Eu já sabia disso, mas (propositalmente) esqueço. Mecanismo de fuga.


Marcio Sales Saraiva

Marcio Sales Saraiva é escrevinhador. Autor de “O pastor do diabo” (Metanoia, 2017) e organizador da antologia “16 contos insólitos” (Mundo Contemporâneo Edições, 2018), prepara-se para lançar este ano o seu “Engenho de Dentro e outros contos de aprendiz”. .
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/// //Marcio Sales Saraiva