caminho entre devaneios

Um espaço para discutir sobre nossa contemporaneidade cotidiana

Adolfo Brás Sunderhus Filho

Entender a fluidez de nossa sociedade nos leva a entender nós mesmos como seres sociais.

HISTÓRIA, PASSADO, TEMPO, PRESENTE

O passado está cada vez mais presente em nossa contemporaneidade. A ideia de uma história cíclica é cada vez mais palpável em nossa realidade. Que possamos aprender com os ciclos do passado, evitando os caminhos tortuosos e caóticos pelos quais já passamos.


time-2860031_1920.jpg

Em meio a tudo que estamos vivendo e vendo acontecer em nossa sociedade me pego a pensar: realmente a história é cíclica e muitos estão ficando tontos com a quantidade de voltas que ela está dando. Só isso explica algumas situações que temos visto, só isso faz ter sentido algumas posturas que vemos ganhar cada vez mais força em nosso meio, em nossa contemporaneidade.

Discursos típicos do final do século XIX e início do século XX vem ganhando novamente espaço. Posicionamentos políticos que dominaram a Europa no início do século XX voltam a ganhar destaque e aumentar o número de seguidores. Até representatividade política os mesmos vem conseguindo com a eleição de políticos de extrema-direita para compor governos em países como Alemanha e Holanda, por exemplo. Em nosso país isso não é diferente, e discursos extremados, de todos lados, vem ganhando cada vez mais adeptos, cada vez mais seguidores.

Discursos e posturas como essas são perigosos e nocivos a vida social. São discursos e posturas que, na maioria das vezes, não se prestam ao diálogo, apenas buscam impor um pensando, impor uma ideia, não se prontificando a buscar uma solução conjunto e em ouvir aquele que pensa diferente do outro. No final, tudo acaba se resumindo a gritaria ensandecida, a polarização extremada e ódio crescente.

Hoje, mais do que nunca, vemos que o caráter cíclico da história vem ganhando força, vem se mostrando presente. A história não tem como função prever o futuro. Não! Mas a história nos ajuda a entender o tempo atual e compreender as influências e presenças do passado nesse tempo.

Que saibamos ler nosso tempo presente pelos olhos de hoje e ao ver nele as repetições de um passado sombrio, evitemos as atrocidades que já foram cometidas.


Adolfo Brás Sunderhus Filho

Entender a fluidez de nossa sociedade nos leva a entender nós mesmos como seres sociais..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/sociedade// //Adolfo Brás Sunderhus Filho