cem mais palavras

Observando o mundo ora através de um telescópio, ora através de um microscópio

Laura Maria

Estudante de jornalismo que, contra tudo e todos, abandonou o curso de publicidade na hora certa para seguir o sonho de unir a paixão pelas palavras à paixão pelas pessoas. Do encontro, nasceu a vontade escrever. Seja amenidades ou questões filosóficas, quando o assunto é se expressar me recorro às palavras, aonde nelas me encontro por completo.

  • IMG-20160816-WA0067.jpg
    Quanto pesa a saudade?

    Não dá pra dividir a saudade em duas ou mais partes. Se a sente, é por inteiro. Cai como uma pancada visceral num único corpo mortal. E o coração, órgão responsável por bombardear vida para o corpo inteiro, se transforma em receptáculo perfeito deste sentimento.

  • ipes_foto_rafaelpassos_063-1024x683-740x480.jpg
    Quando for preciso, deixai cair as folhas

    O ipê, para mostrar a sua florescência em plenitude, perde todas as suas folhas. A árvore passa determinado tempo abdicando-se de todas elas, parte essencial que integra o seu processo de respiração. Assim como a árvore, é preciso que deixemos cair tudo o que nos deixa preso ao passado e não deixa que nossa beleza floresça.

  • solidez.jpg
    Em tempos líquidos, é preciso ser sólido

    As crises, ao invés de serem superadas no relacionamento, servem para por um ponto final em uma história que poderia ser de amor. Afinal, não tem ninguém muito disposto a ter uma dorzinha de cabeça quando se tem uma variedade enorme de remédios disponíveis às mãos.

  • blah.jpg
    Muito quer se falar, pouco se quer ouvir

    Ao ler os comentários contrários aos seus, já se procura os argumentos para rebatê-lo, antes mesmo de refletir como a ideia pode ser interessante para, no mínimo, ser pensada.

  • relogio.jpg
    Não sei vocês, mas eu nasci na época certa

    Frases do tipo "nasci na época errada" ou "hoje em dia só existe lixo" são ditas por pessoas preguiçosas e pouco dispostas a encontrar as coisas boas do presente. Pode parecer redundante, mas se você está vivo agora, viva o agora! O passado é apenas memória, e o futuro são só incertezas.

  • silvioum.jpg
    O indomável, o indefectível, o inigualável

    Ele é imprevisível, engraçado, ímpar. Sem nunca ter colocado o pé numa faculdade, Silvio Santos é, sem dúvidas, um dos maiores comunicadores da TV brasileira

  • postt.jpg
    Depois do furor de início de ano, seus sonhos tomaram forma?

    Logo nos primeiros suspiros de 2016, corremos a listar aquilo que desejamos para o ano que acaba de nascer. Mas, passados alguns dias, percebemos que não demos nem o primeiro passo no mais simples dos desejos. É hora, então, de sacudir a poeira acumulada do tapete chamado rotina

  • rev.jpg
    "A Revolução dos Bichos": resistência ao longo dos anos

    Clássico de George Orwell atravessa os limites do tempo e traz, mesmo 70 anos depois de escrito, uma reflexão fresca e lúcida sobre as fraquezas e mazelas de qualquer sistema

  • medianeras (1).jpg
    Geração copos descartáveis

    Um copo descartável pode ser bem útil numa festa, mas, depois de ser usado, o destino dele é o lixo. Muitos relacionamentos se assemelham a funcionalidade do copo - usamos e somos usados - pra, depois, serem descartados na primeira lixeira

  • IMG_20151121_032237892.jpg
    Nunca deixe de fazer algo por falta de companhia

    Quantas vezes você deixou de fazer algo que queria muito por não ter ninguém pra ir junto? Lembre-se de que, antes e acima de tudo, existe uma companhia perfeita pra te esperando: você mesmo.

  • douglass.jpg
    Meus olhos não veem mais Bento Rodrigues

    Relato fictício de uma criança sobre a tragédia que assolou o distrito de Mariana, em Minas Gerais.

  • liniker.jpg
    Música pra transpassar a alma

    O clique é sedutor. Depois de ouvir o primeiro acorde do trompete, você não conseguirá parar de ouvir. A única sensação será absorção total, e, quando acabar, você vai pedir mais! E o melhor de tudo: tem mais!

  • vladdd.jpg
    Você tem medo de se conhecer?

    Se arrumar o quarto já dá preguiça, imagina colocar em ordem as coisas da alma, do coração e da mente? É por isso que olhar para dentro exige sabedoria, exaustão e sacrifício. Mas não há nada mais recompensador do que construir a própria história cientes de que somos o protagonista, e não o figurante.