chacoalhão

sublime cotidiano

Renan Berlitz

Publicitário por formação e desajustado por natureza. Apesar de ser supersincero e muito exigente, tenta viver uma vida mais leve

Naquele Mega Drive...

Às vezes a nostalgia bate tão forte que só precisamos soprar um pouco para ouvirmos aquela clássica musiquinha. É aí que sabemos que tudo vai ficar bem.


Naquele Mega Drive.jpg

Passavam-se horas de entretenimento

Estavam os não-convites de aniversários da turma da escola

Refugiava-se do bullying diário

Podíamos ser os solucionadores de problemas; os heróis

Executar o “helicóptero” da Chun-Li não era para qualquer um

Destroçava-se o adversário com um elegante Fatality

Aprendemos o que era tensão com Sonic embaixo d’água

Salva-se o mundo com um Megazord

Gesticulávamos para ganhar o jogo do Ayrton Senna

Ficávamos de queixo caído com os incríveis gráficos

Ignorava-se a falta das opções Save e Load

Xingava-se os chefões fodões

Bater, pular e especial eram as palavras-chaves, e únicas

Orgulhava-se em exibir as bolhas dos dedos quase sem digitais

Materializava-se uma realidade 16 bits

Conhecíamos “computador” somente como o adversário automático

Reunia-se os amigos melhor do que com celular

Desconhecia-se a palavra “celular”, aliás

Cansávamos de jogar e acordávamos tão cedo que ainda víamos o relógio do SBT

Decoramos o preço do frete de arroz para BH e o que era uma tilápia

Éramos experts na programação dos desenhos e seriados da Manchete

Imaginar fazia parte da diversão

Igualava-se à alegria de assistir a clipes da MTV

Começava-se falar de uma tal de Nirvana e o seu superolfato de Smells Like Teen Spirit

Conseguimos suportar tudo com nossa carcaça de plástico negro e ultrarresistente

Junta-se o pó de um tempo que já passou faz tempo

Soprar cartuchos era lei

Assimilamos que passar um dos dois controles era a atitude correta

Pressionar reset era lição de persistência

Temos certeza que uma vida mais simples é mais feliz

Está a saudade da falta de preocupações

Mostra-nos que a infância de ontem era melhor sim

Perpetua-se que a amizade verdadeira está sentada no chão ao seu lado

Apertar o Start é reviver, retomar

Relembrar também é sobreviver, antes que seja Game Over.


Renan Berlitz

Publicitário por formação e desajustado por natureza. Apesar de ser supersincero e muito exigente, tenta viver uma vida mais leve.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Renan Berlitz