cinema pensante

Como um bom filme pode mudar a nossa vida

Sílvia Marques

Paulistana, escritora, idealista em crise, bacharel em Cinema, cinéfila, professora universitária com alma de aluna, doutora em Comunicação e Semiótica, autodidata na vida, filósofa de botequim, com a alma tatuada de experiências trágicas, amante das artes , da boa mesa, dos vinhos, de papos loucos e ideias inusitadas. Serei uma atleta no dia em que levantamento de xícara de café se tornar modalidade esportiva. Sim, eu acredito realmente que um filme possa mudar a sua vida! Autora do blog Garota desbocada. Lancei recentemente em versão e-book pela Cia do ebook o romance O corpo nu.

Sem papas na língua

Todo mundo é viciado de algum modo. Uns por cigarro, outros por álcool. Uns por drogas ilícitas, outros por medicamentos. Alguns por comida, outros por alimentação saudável. Uns por dinheiro, outros por consumismo. Uns por preguiça, outros por trabalho. Uns por melancolia, outros por falsa alegria. Por isso não se sinta superior aos outros só porque o teu vício é politicamente correto e está na moda.


183440.jpg

Sim, caro leitor. É duro, mas é verdade. Chega um momento da vida em que descobrimos algumas realidades meio perversas.

1. Não adianta explicar algo cuidadosamente 602 vezes para quem não quer entender.

2. Não adianta abrir o coração para os hipócritas. Toda tentativa de uma conversa franca e assertiva se reverterá num emaranhado de falácias.

3. Amor e amizade não se mendigam. Não é se humilhando que as pessoas vão passar a gostar de você.

4. Por mais simpático que você seja, sempre tem alguém que te achará falso.

5. Esperar pelo bom senso de determinadas pessoas é utopia.

6. Ser bom é diferente de ser bonzinho. Ajudar os outros faz bem ao coração. Se deixar pisar, jamais.

6. Quem adora criticar e levantar os pontos negativos do trabalho e personalidade alheia , normalmente não suporta a menor das críticas.

7. Ninguém muda a personalidade de ninguém. Mas quando amamos verdadeiramente, aprendemos a pegar mais leve em alguns defeitos.

8. Todo mundo é viciado de algum modo. Uns por cigarro, outros por álcool. Uns por drogas ilícitas, outros por medicamentos. Alguns por comida, outros por alimentação saudável. Uns por dinheiro, outros por consumismo. Uns por preguiça, outros por trabalho. Uns por melancolia, outros por falsa alegria. Por isso não se sinta superior aos outros só porque o teu vício é politicamente correto e está na moda.

9. Falando em vícios, a hipocrisia me parece o mais corrosivo deles.

10. Alegria é como remédio de manipulação. Cada um tem a sua receita.

11. Não insista em fórmulas que já falharam mais de uma vez. Algumas coisas e pessoas nasceram para dar defeito e insistir nelas é investir na própria ruína.

12. Não alimente a raiva por quem te faz mal, mas sempre que possível evite estas pessoas.

13. Ninguém erra por amar. A gente erra por não se amar.

14. Nem sempre existe uma explicação razoável para determinadas babaquices que fazemos ou nos fazem. Não tente entender tudo. Vida real não é filme comercial americano com uma clara lição de moral no final. A vida é mistério. Tentar entender o que não nos foi revelado é o atalho para o hospício.

15. Falando em hospícios, às vezes penso que os ditos loucos estão fechados ali dentro para serem protegidos dos normais que estão do lado de fora.


Sílvia Marques

Paulistana, escritora, idealista em crise, bacharel em Cinema, cinéfila, professora universitária com alma de aluna, doutora em Comunicação e Semiótica, autodidata na vida, filósofa de botequim, com a alma tatuada de experiências trágicas, amante das artes , da boa mesa, dos vinhos, de papos loucos e ideias inusitadas. Serei uma atleta no dia em que levantamento de xícara de café se tornar modalidade esportiva. Sim, eu acredito realmente que um filme possa mudar a sua vida! Autora do blog Garota desbocada. Lancei recentemente em versão e-book pela Cia do ebook o romance O corpo nu..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Sílvia Marques