cinema pensante

Como um bom filme pode mudar a nossa vida

Sílvia Marques

Paulistana, escritora, idealista em crise, bacharel em Cinema, cinéfila, professora universitária com alma de aluna, doutora em Comunicação e Semiótica, autodidata na vida, filósofa de botequim, com a alma tatuada de experiências trágicas, amante das artes , da boa mesa, dos vinhos, de papos loucos e ideias inusitadas. Serei uma atleta no dia em que levantamento de xícara de café se tornar modalidade esportiva. Sim, eu acredito realmente que um filme possa mudar a sua vida! Autora do blog Garota desbocada. Lancei recentemente em versão e-book pela Cia do ebook o romance O corpo nu.

A amante do rei: quando o amor surge impiedoso e sem ressalvas

A beleza e a espontaneidade da condessa desperta a paixão feroz do rei Vittorio Amadeo II ao ponto do monarca ficar obcecado por Jeanne. Toda a Corte , incluindo a família Verua e a própria rainha, pressionam Jeanne a ceder ao rei , tornando-se sua amante. A paixão não satisfeita pela condessa o adoecia fisicamente , impedindo-o de governar o seu Reino, o que gerou a aflição de todos.


Screen-Shot-2013-02-15-at-11_49_25.png

Baseado em fatos reais da vida do rei Vittorio Amadeo II do Piemonte, o filme A amante do rei conta de forma fantasiosa o romance do monarca com uma linda e inteligente nobre casada com um conde.

LaPutadelReyTheKingsWhore1990SpanishEnglishDVD-RipXviD-mp3avi_snapshot_000943_20131002_154545.jpg

O ator inglês Timothy Dalton vive o rei Vittorio Amadeo.

KingWhore1.png

Jeanne acompanhada por seu marido e sogra. Em vez de esperar a sogra apresenta-la ao rei, como era de praxe, ela se apresenta sozinha , o que causa certa irritação e fascínio no monarca.

Vou me ater ao filme. A trama acontece no século XVII. Jeanne de Lynes, uma belíssima e espontânea nobre francesa , filha caçula de uma família falida, mesmo sem dote, consegue se casar com o conde de Verua e se muda para o Piemonte. Os dois vivem muito bem e a jovem condessa causa inveja na Corte pois ela revela despudoradamente o quanto ama e é amada por seu marido, exibindo desta forma uma felicidade ausente na vida dos outros casais formados por arranjos familiares.

18453573_jpg-r_760_x-f_jpg-q_x-xxyxx.jpg

O diálogo entre Amadeo e Jeanne durante uma caçada é bastante significativo. Ele também a caça , mas ela é uma presa perigosa. Podemos dizer que semioticamente falando, o falcão é uma metáfora do rei.

A beleza e a espontaneidade da condessa desperta a paixão feroz do rei Vittorio Amadeo II ao ponto do monarca ficar obcecado por Jeanne. Toda a Corte , incluindo a família Verua e a própria rainha, pressionam Jeanne a ceder ao rei , tornando-se sua amante. A paixão não satisfeita pela condessa o adoecia fisicamente , impedindo-o de governar o seu Reino, o que gerou a aflição de todos.

500full-the-king's-whore-photo.jpg

Jeanne, apaixonada pelo marido, foge das investidas do rei, mas as circunstâncias falarão mais alto do que a sua vontade e é aí que a história começa de fato e eu paro de contá-la.

A amante do rei é uma coprodução dos Estados Unidos, França e Itália, realizada no ano de 1990, que mescla elementos estéticos e narrativos típicos do cinema americano e do cinema europeu. A fotografia escura e intimista , com a câmera instável, acompanhando a movimentação dos atores em alguns momentos é um traço típico do cinema italiano.

Screen-Shot-2013-02-15-at-11_12_06.png

A napolitana Valeria Golino interpreta a linda , intensa e irreverente Jeanne.

Por outro lado, as cenas curtas e a montagem ágil nos remete ao cinema americano. O filme combina com maestria o estilo mais sofisticado europeu com um certo didatismo americano, o que torna a experiência de assistir A amante do rei bastante fluida.

Se a trama apresenta excesso de romantismo e idealismo por um lado, fugindo do senso de realismo europeu, por outro, o final não é exatamente convencional.

O erotismo está muito longe das cenas pasteurizadas que costumamos ver , mas não chega a ser tão explícito nem brutal. A situação em si é brutal. O filme mostra um tipo de contexto muito distante do nosso. Os nossos jogos são muito mais sutis. Tão sutis que quase nem se parecem jogos. No contexto do filme, satisfazer as vontades do rei era palavra de ordem e ceder aos caprichos do mesmo era o dever de todo bom súdito, pois como a própria rainha afirmou para Jeanne, as mulheres não eram importantes. O rei era importante.

LaPutadelReyTheKingsWhore1990SpanishEnglishDVD-RipXviD-mp3avi_snapshot_003834_20131002_154602.jpg

Jeanne sofre intensamente, mas nem por isso perde a racionalidade.

A amante do rei é um filme para quem aprecia fundos históricos , mas principalmente para quem entende as intrínsecas e fortes relações entre amor e poder. Para quem entende o amor sob um viés erótico e intenso.


Sílvia Marques

Paulistana, escritora, idealista em crise, bacharel em Cinema, cinéfila, professora universitária com alma de aluna, doutora em Comunicação e Semiótica, autodidata na vida, filósofa de botequim, com a alma tatuada de experiências trágicas, amante das artes , da boa mesa, dos vinhos, de papos loucos e ideias inusitadas. Serei uma atleta no dia em que levantamento de xícara de café se tornar modalidade esportiva. Sim, eu acredito realmente que um filme possa mudar a sua vida! Autora do blog Garota desbocada. Lancei recentemente em versão e-book pela Cia do ebook o romance O corpo nu..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Sílvia Marques
Site Meter